Geral

Sarkozy confirma envio de aviões para impedir ataques de Kadhafi

O presidente francês, Nicolas Sarkozy, confirmou neste sábado (19), em um pronunciamento em Paris, que enviou aviões franceses para intervir no espaço aéreo da Líbia. “Nossos aviões já estão evitando ataques aéreos na cidade [Benghazi]”, disse o presidente. Segundo ele, a missão militar apoiada pela França, Reino Unido, EUA e Canadá e apoiada pelos estados […]

Arquivo Publicado em 19/03/2011, às 14h11

None

O presidente francês, Nicolas Sarkozy, confirmou neste sábado (19), em um pronunciamento em Paris, que enviou aviões franceses para intervir no espaço aéreo da Líbia. “Nossos aviões já estão evitando ataques aéreos na cidade [Benghazi]”, disse o presidente. Segundo ele, a missão militar apoiada pela França, Reino Unido, EUA e Canadá e apoiada pelos estados árabes, pode ser paralisada se o ditador parar com os ataques aos civis.  As agências de notícias confirmaram o sobrevoo de aeronaves francesas na Líbia neste sábado.


A chanceler da Alemanha, Angela Merkel, afirmou que a violência na Líbia deve terminar, mas disse que seu país não vai tomar parte na ação militar.


O premiê britânico, David Cameron, disse que Kadhafi quebrou o cessar-fogo e enfrentará agora ações urgentes para que se eviet a morte de civis. “O coronel Kadhafi fez isso. Ele mentiu para a comunidade internacional, ele prometeu um cessar-fogo e o quebrou.”


Líderes árabes e ocidentais estão em Paris para discutir os ataques aéreos contra a Líbia, após a aprovação pelo Conselho de Segurança da ONU de uma intervenção no país do norte da África. O regime do ditador Muammar Kadhafi está há mais de um mês reprimindo manifestações e ações armadas de membros da oposição que exigem a sua renúncia, após 42 anos no poder.

Jornal Midiamax