Geral

Publicada no Diário Oficial do Estado a nomeação de Marisa Serrano para o TCE-MS

O governador André Puccinelli (PMDB) nomeou a senadora Marisa Serrano (PSDB) para o cargo de Conselheira do Tribunal de Contas do Estado de Mato Grosso do Sul (TCE-MS) em vaga decorrente do falecimento da Conselheira Celina Martins Jallad que morreu em fevereiro em razão de um aneurisma abdmoninal. A informação está publicada na edição desta […]

Arquivo Publicado em 20/06/2011, às 13h50

None

O governador André Puccinelli (PMDB) nomeou a senadora Marisa Serrano (PSDB) para o cargo de Conselheira do Tribunal de Contas do Estado de Mato Grosso do Sul (TCE-MS) em vaga decorrente do falecimento da Conselheira Celina Martins Jallad que morreu em fevereiro em razão de um aneurisma abdmoninal. A informação está publicada na edição desta segunda-feira (20) do Diário Oficial do Estado (DOE).


A senadora Marisa foi eleita no dia 15 deste mês com vinte dos 22 parlamentares com poder de voto assinalaram “sim” a escolha de Marisa, um disse “não” e dois votos em branco. Contam como brancos os votos de Arroyo e Jerson, que não poderiam votar.


A eleição aconteceu de maneira secreta. Houve casos que o parlamentar disse “sim” a Arroyo, como o parlamentar não alcançou os votos necessários, o votante trocou de opção e apoiou a escolha da senadora. Marisa Serrano deve agora renunciar ao mandado e, no lugar dela deve assumir o empresário Antonio Russo, que vai retornar ao PR após uma ligeira passagem pelo PSDB.


Deputados que apoiaram Arroyo disseram a eleição de Marisa aconteceu devido à influência do governador André Puccinelli, do PMDB, que a quis no conselho do TCE.


Questionamento


O deputado estadual Antonio Carlos Arroyo, do PR, disse que está consultando sua equipe jurídica e, dependendo do resultado, deve mover uma ação judicial contra a eleição da senadora Marisa Serrano, do PSDB, como conselheira do TCE .

Jornal Midiamax