Geral

PTB promove encontro com a presença de líderes nacionais

Com a presença do presidente nacional, Roberto Jefferson, do secretário nacional, Norberto Martins, do tesoureiro-geral, Luiz Rondon e outras lideranças, o PTB promoverá Encontro Estadual nesta sexta-feira (30), às 9h, no Grand Park Hotel, em Campo Grande. Na ocasião, serão discutidas as diretrizes petebistas para eleições do próximo. Os líderes nacionais também devem orientar o...

Arquivo Publicado em 29/09/2011, às 14h46

None

Com a presença do presidente nacional, Roberto Jefferson, do secretário nacional, Norberto Martins, do tesoureiro-geral, Luiz Rondon e outras lideranças, o PTB promoverá Encontro Estadual nesta sexta-feira (30), às 9h, no Grand Park Hotel, em Campo Grande.


Na ocasião, serão discutidas as diretrizes petebistas para eleições do próximo. Os líderes nacionais também devem orientar os pré-candidatos e debater com eles as principais mudanças na legislação eleitoral.


Durante o encontro, também serão abonadas fichas de pré-candidatos a vereador tanto da Capital quanto do interior. Isso inclui lideranças oriundas de outras siglas partidárias, que estão migrando para o PTB visando disputar o pleito do próximo ano. A intenção dos petebistas é ampliar a dimensão política do partido que hoje conta com um prefeito, três vice-prefeitos e pouco mais de vinte vereadores no Estado.


“Visitamos vários municípios e articulamos estas filiações com o objetivo de fortalecer o PTB para as eleições do ano que vem”, comentou o presidente regional do PTB, Ivan Louzada.


Até o momento, Louzada conseguiu articular candidaturas em mais de 15 municípios, mas tem a intenção de ampliar este número, fazendo composições de alianças nos municípios aonde não contar com candidatos próprios. Bela Vista, Aral Moreira, Aparecida do Taboado, Sonora, Porto Murtinho, Glória de Dourados e Anastácio são algumas cidades onde o PTB deve encabeçar a chapa majoritária.


Para as eleições de 2014, o PTB pretende lançar candidatura própria à presidência da República, e o nome mais provável é de Roberto Jefferson, o que fortaleceria o partido em todo o país.


Jornal Midiamax