Geral

Para Vettel, bicampeonato mundial encerra discussões sobre o título de 2010

O alemão Sebastian Vettel, mais jovem bicampeão da história da Fórmula 1, fez uma análise muito positiva sobre 2011. Para o piloto, o título deste ano encerra qualquer discussão sobre o triunfo conquistado ano passado. – A melhor coisa do bicampeonato é que eu não tenho que provar mais nada para ninguém. O título deste […]

Arquivo Publicado em 15/11/2011, às 12h20

None
O alemão Sebastian Vettel, mais jovem bicampeão da história da Fórmula 1, fez uma análise muito positiva sobre 2011. Para o piloto, o título deste ano encerra qualquer discussão sobre o triunfo conquistado ano passado.
– A melhor coisa do bicampeonato é que eu não tenho que provar mais nada para ninguém. O título deste ano é uma demonstração de que o triunfo de 2010 não foi apenas sorte minha e azar dos adversários – comentou o piloto da Red Bull.
Vettel também falou sobre as dificuldades de conquistar o seu segundo título na Fórmula 1, especialmente pelas mudanças de regra na categoria.
– Não achávamos que nosso carro não seria tão dominante como foi em 2010. É até engraçado ouvir depois das vitórias comentários como “foi fácil”, “um passeio no parque” e por aí vai. As vitórias foram difíceis, diferente do que a maioria pensa. Tudo tinha que dar certo para chegar em primeiro. A diferença em relação aos outros pilotos sempre foi pequena – afirmou.
Questionado sobre qual será seu principal adversário em 2012, Vettel preferiu colocar seu companheiro de equipe, Mark Webber, além dos pilotos de Ferrari, McLaren e Mercedes como postulantes ao título da próxima temporada.
– Com certeza não há apenas um piloto, porque a Fórmula 1 vive um momento onde você não enfrenta apenas um desafio, mas vários, com suas forças e fraquezas – concluiu.
Jornal Midiamax