Geral

Pacientes ficam mais de duas horas na fila para serem atendidos no PAM

O aposentado Lealdo Marinho está desde as 10h no PAM (Pronto Atendimento Médico de Dourados) a espera de atendimento para o seu filho, Patrick Yuri, de apenas 13 anos, que está com fortes dores estomacais e com vômitos constantes. Assim como Lealdo, centenas de outras pessoas estão no PAM para serem atendidos, já que durante […]

Arquivo Publicado em 09/02/2011, às 00h49

None
272389030.jpg

O aposentado Lealdo Marinho está desde as 10h no PAM (Pronto Atendimento Médico de Dourados) a espera de atendimento para o seu filho, Patrick Yuri, de apenas 13 anos, que está com fortes dores estomacais e com vômitos constantes.


Assim como Lealdo, centenas de outras pessoas estão no PAM para serem atendidos, já que durante a noite este é o único local onde os douradenses são socorridos em caso de urgência.


Enquanto quase 200 pessoas aguardam para serem atendidas, a cada 15 minutos uma ambulância do SAMU (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) chega com mais pacientes.


O PAM funciona todos os dias até às 24h e transformou-se na única opção para a população que necessita de atendimento médico ambulatorial durante o período noturno.

Jornal Midiamax