Operação conjunta realizada neste sábado, 06 de agosto, na região do Porto da Manga, resultou na apreensão de 90 quilos de carne bovina sem procedência. O produto estava armazenado, de forma precária, em uma residência e em uma pousada. Nestes locais, ainda foram encontradas duas armas de fogo e outras duas de pressão, além de munição intacta. Três homens foram detidos e encaminhados para a Delegacia de Polícia Civil de Corumbá.

Realizada conjuntamente entre o 6º Batalhão de Polícia Militar, Polícia Militar Ambiental (PMA) e Vigilância Sanitária Municipal, a operação teve o objetivo de interceptar carne proveniente de roubo e furto de gado. Denúncias de que esta prática criminosa teria aumentado na região nos últimos meses, motivaram a ação, que deve se tornar frequente na Estrada Parque.

A apreensão ocorreu por vota das 12h15. Na primeira casa fiscalizada pela força tarefa foram encontrados 30 quilos de carne e um revólver calibre 38. Na pousada, foram recolhidos outros 60 quilos de alimentos, uma carabina calibre 22, dois pentes de munição, uma espingarda de pressão, uma pistola de pressão e uma lente de precisão. Uma caixa de munição calibre 22 estava em posse de um turista, que acabou detido junto com os proprietários dos imóveis.

“Todos admitiram que a carne é proveniente de abate clandestino, o que configura crime sanitário. Os proprietários foram notificados e o material apreendido será inutilizado”, explicou a este Diário o chefe do Núcleo de Vigilância Sanitária do município, Hélvio de Barros Junqueira. Oito homens e três viaturas participaram da operação.