Uma semana após uma briga antes de um show Curitiba (PR), os irmãos Zezé di Camargo e Luciano se apresentaram na noite desta sexta-feira (4), em uma casa de shows, na Barra da Tijuca, na Zona Oeste do Rio de Janeiro. Diante dos fãs, Zezé falou sobre a crise e reafirmou que a dupla não vai acabar: “Antes de qualquer coisa, se um dia meu irmão parar comigo, vai parar no nosso canto, mas o nosso amor ninguém muda”, disse ele para delírio do público.

Na quinta-feira (27), Luciano chegou a anunciar o fim da dupla durante um show no teatro Guaíba, em Curitiba: “Não era para eu estar aqui agora. Até o final do ano vou cumprir todos os meus compromissos. Mas o ano que vem o meu irmão vai continuar a carreira sozinho, e vocês vão ser com certeza a segunda voz que ele sempre mereceu e que merece para o resto da vida. Valeu de coração e obrigado”.

Nesta terça (1º), durante a gravação do “Programa do Jô”, em São Paulo, o cantor descartou o fim da dupla (“Não vamos parar de jeito nenhum”) e atribuiu sua declaração a “uma discussão muito forte” que teve com Zezé no mesmo dia. “Peguei de surpresa meu irmão e o Brasil”.

Eles não revelaram o motivo da discussão, que Zezé chamou de “boba”. Luciano, que foi internado na sexta-feira (28) após um desequilíbrio de potássio causado pelo uso de diuréticos, afirmou que “estava p… da vida”. “Pensei: vou tomar um porre”, revelou o músico. Então tomou uísque com diurético e rivotril, um tranquilizante.