A PM (Polícia Militar) de Ponta Porã atendeu na noite desta quinta-feira (11), ao chamado de uma mulher que dizia ter sido vítima de lesão corporal. O chamado foi para o Residencial Ponta Porã, na Rua Jasmin.

A vítima, uma mulher de 40 anos, disse que o agressor era o filho de uma amiga e por várias vezes já havia ameaçado ela. L.E.G.C.P., de 27 anos, estava escondido nos fundos da casa da vítima e foi abordada com vários chutes barriga.

Com puxões de cabelos, o autor derrubou a mulher no chão e afirmou “que aquilo era pela tentativa da vítima de levar o mesmo à prisão”. Neste momento, a mulher começou a gritar e pedir por socorro.

O autor pulou a cerca dos fundos e fugiu em uma motocicleta.

A vítima contou que o acusado já teria estuprado-a, juntamente com um ex-marido dela, A.M.A, alem de ameaçá-la de morte.

O autor não foi localizado. A vítima foi encaminhada para a Delegacia para prestar esclarecimentos.