Geral

Ministério aprova zoneamento para plantio de café em MS

O Ministério da Agricultura aprovou o zoneamento para a cultura do café em Mato Grosso do Sul. O estudo indica os melhores períodos, os tipos de solo e os municípios aptos para o plantio das duas espécies produzidas no país: arábica e robusta. As condições hídricas e de temperatura são os principais fatores climáticos que […]

Arquivo Publicado em 28/02/2011, às 18h09

None

O Ministério da Agricultura aprovou o zoneamento para a cultura do café em Mato Grosso do Sul. O estudo indica os melhores períodos, os tipos de solo e os municípios aptos para o plantio das duas espécies produzidas no país: arábica e robusta.


As condições hídricas e de temperatura são os principais fatores climáticos que influenciam a produção dessas espécies. Temperaturas médias anuais entre 18 e 23ºC são as temperaturas limites para a cultura, sendo que índices térmicos médios anuais entre 19 e 21ºC são os ideais.


Foram considerados aptos ao cultivo do café arábica e do robusta os municípios com condições hídricas e térmicas dentro dos critérios estabelecidos, em 80% dos anos avaliados.


O cultivo de sequeiro deve ser feito entre 11 de setembro e 20 de novembro, e o irrigado, de 1º de janeiro a 31 de dezembro.


Confira a relação de municípios aptos ao cultivo de sequeiro ou irrigado


Café Arábica – 35 municípios


Amambai, Antônio João, Aral Moreira, Bandeirantes, Batayporã, Brasilândia, Caarapó, Campo Grande, Chapadão do Sul, Coronel Sapucaia, Costa Rica, Deodápolis, Dois Irmãos do Bur, Eldorado, Fátima do Sul, Glória de Dourados, Iguatemi, Itaporã, Itaquiraí, Ivinhema, Japorã, Jaraguari, Jateí, Juti, Laguna Carapã, Maracaju, Mundo Novo, Naviraí, Novo Horizonte do Sul, Paranhos, Ponta Porã, São Gabriel do Oeste, Sete Quedas, Tacuru e Vicentina.


Café Robusta – 77 municípios (à exceção de Caracol).

Jornal Midiamax