Geral

Marina Silva aceita ter fase de sua vida retratada no cinema

A ex-senadora Marina Silva (sem partido), 53, terá uma fase da sua vida retratada em filme da diretora Sandra Werneck, informa a coluna de Mônica Bergamo, cuja entrevista com Marina foi publicada na Folha desta segunda-feira (a íntegra está disponível para assinantes do jornal e do UOL, empresa controlada pelo Grupo Folha, que edita a […]

Arquivo Publicado em 14/11/2011, às 18h13

None

A ex-senadora Marina Silva (sem partido), 53, terá uma fase da sua vida retratada em filme da diretora Sandra Werneck, informa a coluna de Mônica Bergamo, cuja entrevista com Marina foi publicada na Folha desta segunda-feira (a íntegra está disponível para assinantes do jornal e do UOL, empresa controlada pelo Grupo Folha, que edita a Folha).


Segundo Sandra, Lucy Ramos fará o papel de Marina e Wagner Moura foi convidado para viver Chico Mendes, enquanto Thiago Fragoso deve interpretar Fábio Vaz de Lima, marido da ambientalista.


A proposta já vinha sendo feita há algum tempo pela diretora de cinema e Marina conta que só aceitou “porque a proposta é que o filme registraria um período, não viria pra essa coisa da política”.


Marina disse que isso a deixou mais confortável. “Claro que as pessoas vão saber de quem se trata. Mas será muito mais um testemunho de vida para dialogar com os temas e as causas.”


Marina nasceu em Breu Velho, no Acre. Com a saúde frágil, aprendeu a cozinhar e a lavar roupa enquanto dava os primeiros passos na alfabetização. Estudar foi a motivação para deixar, aos 16 anos, o seringal Bagaço, onde ajudava o pai na extração da borracha.


Historiadora de formação, já foi vereadora de Rio Branco (AC), deputada estadual, senadora por dois mandatos pelo Acre, ministra do Meio Ambiente.


Concorrendo pelo PV à Presidência da República no ano passado, obteve 19,6 milhões de votos no país no primeiro turno das eleições –19,3% dos sufrágios válidos.

Jornal Midiamax