Foram classificados para a 2a fase da Obmep – Olimpíada Brasileira de Matemática das Escolas Públicas os 5% de alunos com melhor pontuação de cada escola na 1a fase da Olimpíada, que mobilizou mais de 18 milhões de estudantes de 5,5 mil municípios.

Em Mato Grosso do Sul, foram 14.331 estudantes classificados no estado. Mais de 800 mil alunos de 40 mil escolas públicas de todos os estados do país fazem neste sábado, 5 de novembro, às 14h30 (horário de Brasília), as provas da 2a fase da Obmep – Olimpíada Brasileira de Matemática das Escolas Públicas.

Participam da 2a fase os 5% de alunos com melhor pontuação de cada escola na 1a fase, que mobilizou mais de 18 milhões de estudantes de 5,5 mil municípios. No site da Obmep (www.obmep.org.br ), pode-se acessar a lista dos alunos classificados, bem como os locais das provas (centros de aplicação). Em todo o país, são 8.685 centros de aplicação cadastrados. No site também se pode encontrar a relação das escolas por município de cada estado da federação.

Distâncias

Do Oiapoque (AP) ao Chuí (RS), literalmente, há alunos do ensino médio e fundamental de escolas públicas que farão a prova no dia 5 de novembro. Muitos deles moram em localidades distantes e de difícil acesso, e chegam às escolas usando meios de transporte inimagináveis em grandes centros urbanos do país, como barcos, por exemplo. Composta de seis a oito questões dissertativas, a prova da 2a fase tem duração de três horas. Nela, os alunos devem explicar e exibir os cálculos utilizados, bem como o raciocínio empregado. A correção é feita por professores indicados pela coordenação da Obmep.

Premiação

 O resultado dos premiados será divulgado em fevereiro de 2012. São premiados 500 alunos com medalhas de ouro; 900 com medalhas de prata; 1.800 com medalhas de bronze e 30 mil com certificados de Menção Honrosa. Também são premiados 127 professores de alunos que participaram da 2a fase da Obmep e que obtiveram o maior número de pontos, conforme o regulamento da Obmep, presente no site www.obmep.org.br .

A Obmep é promovida pelos ministérios da Educação e de Ciência, Tecnologia e Inovação, e realizada pelo Instituto Nacional de Matemática Pura Aplicada (Impa), com o apoio da Sociedade Brasileira de Matemática (SBM). O objetivo é estimular o estudo da matemática entre alunos e professores do ensino médio e fundamental.