Geral

Ladário abre semana de combate à violência sexual contra crianças

Foi aberta na noite de segunda-feira (09) em Ladário a Campanha de Enfrentamento e Combate à Violência e Abuso Sexual contra Crianças e Adolescentes, com solenidade Câmara Municipal. Desta terça-feira até 18 de maio, Dia Nacional de Enfrentamento, uma série de atividades estão programadas, envolvendo todas as escolas da rede pública e privada de Ladário, […]

Arquivo Publicado em 10/05/2011, às 23h38

None

Foi aberta na noite de segunda-feira (09) em Ladário a Campanha de Enfrentamento e Combate à Violência e Abuso Sexual contra Crianças e Adolescentes, com solenidade Câmara Municipal. Desta terça-feira até 18 de maio, Dia Nacional de Enfrentamento, uma série de atividades estão programadas, envolvendo todas as escolas da rede pública e privada de Ladário, a Jornada Ampliada, o Projovem Adolescente, PAIR, Creas, Cras e Conselho Tutelar.


Durante o evento foi assinado pelo prefeito José Antonio, pelo major Valdir Acosta, comandante da PM, e pela secretária municipal de Educação, Eliene Urquiza, convênio entre a Prefeitura de Ladário e Polícia Militar para a implantação do projeto de combate à violência e uso de drogas nas escolas.


O Centro de Referência Especializado em Assistência Social (Creas) atendeu nos quatro primeiros meses deste ano 5 casos de violência e abuso sexual contra crianças e adolescentes. Em 2010 foram registrados um total de 22 casos. Por sua vez, a Polícia Civil de Ladário atendeu este ano 10 casos de estupro de vulnerável, crianças menores de 13 anos. Em 2010, foram 7 casos no ano e em 2009 registraram-se 5 casos.


De acordo com levantamento do Creas de Ladário, na maioria dos casos de violência e abuso sexual contra crianças e adolescentes o agressor pertence à própria família da vítima ou faz parte do seu circulo de relacionamento, como vizinhos e amigos. Casos em que o próprio padrasto é o agressor são mais comuns em crimes familiares. As denúncias feitas ao Conselho Tutelar e à Delegacia de Polícia Civil são encaminhadas ao Creas (Centro de Referência Especializado em Assistência Social).


Em Ladário, o PAIR (Programa de Ações Integradas e Referenciais de Enfrentamento à Violência Sexual Infanto-Juvenil no Território Brasileiro) coordena a Rede de Enfrentamento formada por representantes do Conselho Tutelar, CMDCA (Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente), Creas (Centro de Referência Especializado em Assistência Social), Polícia Civil, Forum, Secretaria Municipal de Saúde, Abrigo Amparo da Juventude e lideranças comunitárias.

Jornal Midiamax