Geral

II Seminário de Saúde do Trabalhador acontece nesta quinta em Campo Grande

Acontece nesta quinta-feira (17), o II Seminário de Saúde do Trabalhador, promovido pela Comissão Intersetorial de Saúde do Trabalhador (CIST) de Campo Grande, órgão ligado ao Conselho Municipal de Saúde. Segundo Walter Ribeiro, presidente da CIST e diretor do Sinergia, entre os pontos para debate estão a importância dos sindicatos na participação e controle social […]

Arquivo Publicado em 17/11/2011, às 01h25

None

Acontece nesta quinta-feira (17), o II Seminário de Saúde do Trabalhador, promovido pela Comissão Intersetorial de Saúde do Trabalhador (CIST) de Campo Grande, órgão ligado ao Conselho Municipal de Saúde.


Segundo Walter Ribeiro, presidente da CIST e diretor do Sinergia, entre os pontos para debate estão a importância dos sindicatos na participação e controle social na área da Saúde e a situação do atendimento especializado em saúde do trabalhador no município de Campo Grande.


Para Walter, o segmento sindical precisa ter uma participação efetiva nos órgãos de controle social do Sistema Único de Saúde, para fiscalizar e garantir que os investimentos sejam usados adequadamente, principalmente os recursos destinados ao setor de saúde do trabalhador.


“Os sindicatos têm um papel importante no controle social, como agente fiscalizador, denunciando irregularidades e cobrando investimentos. Queremos que o atendimento em saúde do trabalhador seja efetivo, pois muitos casos poderiam ser resolvidos, ou minimizados, com um atendimento especializado. Trabalhadores que poderiam se recuperar plena, ou parcialmente, terminando ficando com seqüelas, ou improdutivos para o resto da vida, por falta de um atendimento à altura na rede pública. Precisamos cobrar ampliação e melhorias no sistema de atendimento de saúde do trabalhador”, afirma o sindicalista.


Um dos palestrantes no evento será o representante da Comissão Intersetorial Nacional de Saúde do Trabalhador, Antônio Gervásio Rodrigues. Também foram convidados para o evento, além dos sindicatos, a prefeitura de Campo Grande, Delegacia Regional do Trabalho e CEREST (Centro de Referência em Saúde do Trabalhador). O evento acontece a partir das 8 horas, na sede da Fetems (Federação dos Trabalhadores em Educação).

Jornal Midiamax