Nesta sexta-feira (25), o Hemosul aproveita a oportunidade para reconhecer e parabenizar as pessoas que realizam periodicamente a doação de sangue.

O Dia Nacional do Doador Voluntário de Sangue é comemorado nesta sexta-feira (25). Para celebrar esta data, o Hemosul (Centro Hematologia Hemoterapia de Mato Grosso do Sul) estará oferecendo um lanche especial para quem vier doar sangue hoje.

O evento pretende reconhecer e parabenizar as pessoas que realizam periodicamente a doação de sangue. Atualmente, o Hemosul conta 141 mil doadores cadastrados e estima-se, que em toda a Hemorrede do Estado sejam coletadas mensalmente seis mil doações.

Diversas atividades são realizadas para estimular esse gesto de doar. Já no início do mês, no dia 06, o Hemosul e a Hemorrede realizaram em alusão ao Dia do Doador de Sangue, a 2ª Caminhada pela Vida. O evento que mobilizou uma grande quantidade de pessoas pela causa, aconteceu na Orla Morena e no bairro Cabreúva.

Dia Nacional do Doador

 O Dia Nacional do Doador de Sangue foi criado em 1964, por meio de um decreto promulgado pelo presidente cearense Castelo Branco. Em 2003, foi a vez do então presidente Luiz Inácio Lula da Silva instituir em decreto a Semana Nacional do Doador Voluntário de Sangue, que é celebrada todos os anos na última semana do mês de novembro.

As medidas tiveram o intuito de valorizar em todo o território nacional o doador de sangue, além de incentivar nos meios de comunicação divulgações a favor desta ação e fomentar o número de doadores. A decisão de doar sangue pode salvar diversas vidas.

Para se ter uma ideia da importância disso, de acordo com a OMS (Organização Mundial de Saúde), a doação de sangue beneficia mulheres com complicações durante a gravidez e o parto; crianças com anemia severa em resultado de mal nutrição e malária; pessoas com graves traumas provocados por acidentes; pacientes com câncer e que passam por algum tipo de cirurgia.

Quem pode doar

Pessoas do sexo masculino podem doar sangue até quatro vezes ao ano e do feminino, até três. Mas é bom lembrar que a cada doação é necessário um intervalo, sendo dois meses para o homem e três para mulheres. Para ser doador é necessário ter entre 16 e 68 anos, sendo que o adolescente tem que ter consentimento formal do responsável legal. Além disso, a pessoa deve estar bem de saúde, ter se alimentado e não ter consumido nenhum tipo de bebida alcoólica nas últimas 12 horas.

No ato da doação, a pessoa deve levar um documento com foto (carteira de identidade, trabalho ou habilitação). Antes da coleta de sangue as pessoas respondem um questionário de saúde e o sangue coletado passa por exames preliminares.

Local

O Hemosul fica na avenida Fernando Correa da Costa, 1.304, Centro de Campo Grande. Mais informações pelo telefone (67) 3312-1517.