O governo brasileiro voltou a emitir títulos no mercado financeiro internacional. Os títulos serão vendidos em dólar com vencimento em janeiro de 2041. De acordo com a Secretaria do Tesouro Nacional, a emissão será liderada pelos bancos Barclays Capital e Bank of America Merrill Lynch.

Os títulos serão emitidos nos mercados norte-americano e europeu. Se a operação atender às expectativas do governo brasileiro é possível que continue no mercado asiático, que abre algumas horas depois dos mercados ocidentais.

“Haverá, portanto, uma divulgação de resultados ao final da emissão nos mercados norte-americano e europeu, e o resultado total atingido pela emissão será anunciado somente depois de concluída a eventual oferta no mercado asiático, informou o Tesouro Nacional em nota.

O Secretário do Tesouro Nacional, Arno Augustin, já tinha sinalizado que o governo estudava as emissões no exterior. No último dia 19, após participar de uma reunião com deputados da Comissão de Finanças e Tributação da Câmara para apresentar os números do Governo Central, Arno anunciou que, mesmo em momento de turbulência internacional forte, o governo pensava no lançamento de títulos. “Dados os fundamentos do Brasil, nós podemos sim, e é muito provável que a gente faça ainda este ano emissão do Tesouro”, disse.

A última emissão de títulos do Brasil no mercado internacional foi em julho passado.