Geral

Federer comemora título e diz estar de volta à boa fase

A vitória no Masters 1000 de Paris neste domingo serviu como esperança para o suíço Roger Federer. O ex-número 1 do mundo vai fechar o ano sem nenhum título de Grand Slam pela primeira vez desde 2002, mas, segundo o tenista, a conquista do torneio francês prova que ele ainda pode jogar em alto nível. […]

Arquivo Publicado em 13/11/2011, às 19h20

None
A vitória no Masters 1000 de Paris neste domingo serviu como esperança para o suíço Roger Federer. O ex-número 1 do mundo vai fechar o ano sem nenhum título de Grand Slam pela primeira vez desde 2002, mas, segundo o tenista, a conquista do torneio francês prova que ele ainda pode jogar em alto nível.
“Realmente tive derrotas duras neste ano, mas continuo acreditando que 2011 ainda não acabou. Ainda posso terminar o ano bem e hoje (neste domingo) eu provei isso”, disse o suíço, atualmente o número 4 do mundo, após bater o francês Jo-Wilfried Tsonga por 2 sets a 0 na final do Masters de Paris.
O que deixa Federer ainda mais animado é o fato de ter vencido o Masters de Paris pela primeira vez na carreira. “Estive esperando por esse título há muito tempo e estou muito feliz de ter conseguido”, afirmou o tenista de 30 anos, que contou estar animado com o seu desempenho durante o torneio.
Embalado por dois títulos seguidos – ganhou também na semana anterior, na Basileia (Suíça) -, Federer espera manter o embalo no ATP Finals, torneio que reúne os oito melhores tenistas da temporada, a partir do próximo domingo, em Londres, na Inglaterra.
Jornal Midiamax