Um fazendeiro da cidade de Camapuã, a 140 quilômetros de Campo Grande, foi autuado hoje em R$ 4.350,00 por extração ilegal de madeira pela PMA (Polícia Militar Ambiental).

Segundo informações policiais, a PMA localizou 835 lascas (14,5 m³) de madeira da espécie “angico” que fora explorada da propriedade sem autorização ambiental.

Pela infração administrativa, o proprietário da fazenda recebeu multa de R$ 4.350,00. A madeira foi apreendida.

Ele também responderá por crime ambiental. Se condenado, poderá pegar pena de seis meses a um ano de detenção.