Em solenidade realizada na noite desta segunda-feira (7), no Centro de Convenções e Exposições Albano Franco, a Expoinel MS 2011 – maior feira indoor da raça Nelore no mundo – foi aberta oficialmente. O evento contou com representantes do governo e de instituições do setor pecuário e empresarial, como Famasul, Seprotur, FIEMS, Sebrae, Acrissul, Sindicato Rural de Campo Grande e Ministério da Agricultura.

Em seu pronunciamento, Guilherme Bumlai, presidente da Nelore MS (Associação Sul-Mato-Grossense dos Criadores de Nelore), que promove o evento, destacou importantes projetos da entidade, o compromisso do produtor com a produção de carne e o meio ambiente, além do grande potencial ainda do mercado pecuário para as próximas décadas, citando a participação do agronegócio no PIB nacional (30%) e o recente estudo da FAO – Organização das Nações Unidas para Agricultura e Alimentação, o qual estima que nos próximos 30 anos a população mundial irá aumentar em 2,3 bilhões de pessoas; a produção de alimentos deverá crescer 70%, o que equivale a 1 bilhão de toneladas de grãos e mais de 200 milhões de toneladas de carnes.

“Aprendemos com o tempo que a fazenda é uma empresa e para isso implantamos sistemas de gestão. O criador hoje se preocupa em investir nas ferramentas modernas de seleção. Contrata serviços de inseminação artificial, realiza na fazenda técnicas como Transferência de Embriões e Inseminação Artificial em Tempo Fixo, que facilita o manejo na propriedade. Também adquire tecnologias como os marcadores moleculares e está cada vez mais adepto a Programas de Melhoramento Genético, sem se esquecer de preservar a área da fazenda prevista em lei.”, destacou Bumlai.

O ex-senador e pecuarista Cícero de Souza, presidente do Tribunal de Contas do Mato Grosso do Sul fez coro ao discurso, afirmando que tem visto muitas pessoas famosas e respeitáveis lutando para mostrar a todos os cidadãos a importância do produtor rural diante da crescente demanda mundial por alimentos e deixar claro o respeito da atividade com o meio ambiente. Ele disse ainda que “a história do MS é feita de pessoas fortes e batalhadoras, muitas delas criadores que através da pecuária ajudaram a elevar o nome e a economia do Estado”.

Ao fim da solenidade, o prefeito de Campo Grande, Nelson Trad Filho, fez questão de ressaltar a importância da exposição para a capital e região. “Não é fácil realizar um evento deste porte; mesmo assim, a Nelore MS o viabilizou. E a Prefeitura Municipal, com certeza, dará todo o apoio necessário. É uma feira que enche de orgulho a nossa cidade e o nosso Estado. Faz com que nós tenhamos visibilidade, enche hotéis e movimenta a economia”, garantiu o prefeito, que, juntamente com os presentes no recinto, ganhou a terceira edição do livro comemorativo sobre o evento, cuja obra lançada em 2010 foi premiada no Festival Brasileiro de Publicidade deste ano. A edição 2011, também criada pela Agência Rica, da capital, traz um pouco da história sobre a evolução do Nelore no MS, os projetos da Nelore MS, uma homenagem a criadores que representam o Estado e o catálogo unificado dos leilões da feira.

A Expoinel MS 2011 segue até o dia 03 de novembro, com leilões de Nelore Elite, julgamento, palestras e outras novidades, como o Lançamento da Expogen MS, que reúne criadores e profissionais do setor nesta quarta-feira (9), às 15h, no Auditório do Albano Franco. A mostra genética de touros e matrizes provados acontece a partir do ano que vem, durante mais uma edição da Expoinel Indoor.