Geral

Eficiência energética no MS possibilitou economía de 20 mil MWh/ano

EFICIÊNCIA ENERGÉTICA NO MS POSSIBILITOU ECONOMIA DE 20 MIL MWH/ANO

Arquivo Publicado em 28/11/2011, às 13h49

None

EFICIÊNCIA ENERGÉTICA NO MS
POSSIBILITOU ECONOMIA DE 20 MIL MWH/ANO

Essa quantidade de energia elétrica equivale ao consumo de uma cidade do tamanho de Aquidauana ou de Naviraí, durante dois meses. E olha que, nesse comparativo, foi considerada apenas a parte do Programa de Eficiência Energética voltada à classe baixa renda. Vale lembrar que a Eficiência Energética também é feita em prédios públicos e do setor produtivo.


O cálculo pode ser feito em função do número de geladeiras e lâmpadas substituídas para possibilitar a redução no consumo de energia nas residências de quase 27.374 famílias contempladas com 12 mil refrigeradores e 145 mil lâmpadas em 32 dos 73 municípios que formam a área de concessão da Enersul no Estado.


Esta ação visa a retirada de equipamentos antigos e que, para funcionar, necessitam de alto consumo de energia elétrica e, com isso, acabam gerando custos desnecessários para esses clientes e um impacto na produção de energia. Além da troca de geladeiras e lâmpadas, a Empresa, orientada pela Política de Sustentabilidade da Rede Energia, tem levado a essas famílias um trabalho permanente de esclarecimento sobre a importância do uso econômico e seguro da energia. Para o cliente, essa conduta é imprescindível para contribuir com a melhoria das condições de vida hoje e futura no planeta. E esta mensagem é sempre reforçada nas etapas em que o Programa de Eficiência Energética realiza a entrega de geladeiras, juntamente com outro ponto fundamental para a comunidade ter um número cada vez maior de famílias em condições de se candidatar aos benefícios do Programa. O requisito principal é ter o Número de Inscrição Social-NIS obtido por meio de cadastro nas Secretarias de Ação Social.


Mais benefício


O NIS é um documento que também dá direito ao cliente a ter acesso à tarifa social baixa renda, uma classificação que proporciona desconto de até 65% no valor da conta de energia elétrica. Mas, para isso, é preciso fazer o recadastramento. Na última etapa de entrega de geladeira nesta semana, em Campo Grande, no bairro Morada do Sol, o diretor opercional Edmir José Bosso, alertou quanto aos prazos para o cliente atualizar seu cadastro e explicou como a Enersul se preparou para fazer o atendimento, nesse período, à essa classe de consumidores. “Enersul disponibilizou uma estrutura de atendimento em cada uma das 73 cidades de sua área de concessão com um só objetivo: nosso empenho é dar uma assistência plena à essa classe de consumidores, para tanto, os colaboradores do suporte comercial foram orientados quanto às novas regras  passando a ser multiplicadores dessas informações nas comunidades onde prestam serviço”.


O recadastramento vai até 30 de novembro. O empenho da distribuidora é para que nenhuma família, com direito ao benefício, fique fora do programa tarifa social baixa renda.

Jornal Midiamax