Geral

Dilma tem 47% de aprovação, diz pesquisa Datafolha

Quarenta e sete por cento dos brasileiros aprovam a presidente Dilma Rousseff, segundo pesquisa Datafolha divulgada pelo jornal ‘Folha de S.Paulo’ na edição que circula neste domingo (20). O percentual corresponde a entrevistados que afirmaram que o governo é ótimo ou bom. Dentre os entrevistados, 34% consideram o governo regular. Outros 12% não souberam opinar […]

Arquivo Publicado em 19/03/2011, às 21h12

None

Quarenta e sete por cento dos brasileiros aprovam a presidente Dilma Rousseff, segundo pesquisa Datafolha divulgada pelo jornal ‘Folha de S.Paulo’ na edição que circula neste domingo (20). O percentual corresponde a entrevistados que afirmaram que o governo é ótimo ou bom.


Dentre os entrevistados, 34% consideram o governo regular. Outros 12% não souberam opinar a respeito da gestão da presidente, e 7% consideram o governo ruim ou péssimo.


O levantamento foi realizado nos dias 15 e 16 com 3.767 pessoas em 179 municípios. A margem de erro é de dois pontos percentuais para mais ou para menos.


Popularidade de Lula


Segundo o jornal, com este percentual de aprovação, a presidente alcança o recorde obtido pelo seu antecessor, Luiz Inácio Lula da Silva, que obteve 48% de avaliação positiva no início do segundo mandato.


Em março de 2003, início do primeiro mandato do governo Lula, a aprovação do então presidente foi de 43%.


Antecessores


Quando se considera esta fase inicial do mandato, Dilma supera os antecessores de Lula em popularidade, segundo o instituto.


Nos três primeiros meses de governo, Fernando Collor tinha a aprovação de 36% dos brasileiros. O governo de Itamar Franco, que assumiu após o processo de impeachment de Collor, foi aprovado por 34% dos entrevistados.


Fernando Henrique Cardoso foi aprovado por 39% dos brasileiros nos três primeiros meses do primeiro mandato e por 21% no início do segundo mandato.


Diferenças em relação a Lula


A pesquisa apontou algumas diferenças entre a percepção do eleitor com relação ao governo de Dilma e de seu antecessor, Lula. Para os entrevistados, os mais favorecidos no governo Dilma são os políticos (23%), seguidos dos trabalhadores (17%), da indústria (14%) e dos bancos (13%). Lula, em 2003, parecia favorecer, na opinião dos entrevistados, os trabalhadores (31%), a agricultura (20%) e os políticos (13%).


Problemas


Perguntados sobre quais são os principais problemas do país atualmente, 31% dos brasileiros dizem ser a saúde e outros 16% apontam a violência. No governo Lula, os problemas mais citados foram o desemprego (31%), a fome (22%) e a miséria (22%).

Jornal Midiamax