Geral

Corrente petista se reúne para decidir possível pré-candidato às eleições 2012

Corrente petista ‘Movimento PT’ se reúne para decidir quem serão nomes que vão disputar a convenção do partido para as eleições municipais 2012

Arquivo Publicado em 20/10/2011, às 21h19

None

Corrente petista ‘Movimento PT’ se reúne para decidir quem serão nomes que vão disputar a convenção do partido para as eleições municipais 2012

Nesta sexta-feira (21) a corrente petista ‘Movimento PT’ que conta com a participação do senador Delcídio do Amaral, do deputado federal Antônio Carlos Biffi e dos ex-deputado Amarildo Cruz e Pedro Teruel se reúne para decidir quem serão nomes que vão disputar a convenção do partido para as eleições municipais 2012.


Segundo o deputado Biffi, ele os companheiros do PT vão decidir primeiramente a coordenação da corrente, que hoje, provisoriamente, tem Agamenon, Marquinhos, Elza e Alex.


Biffi disse que a principal bandeira do movimento é lutar para o cumprimento das deliberações partidárias e organizar os integrantes para respeitarem as legislações estaduais e nacionais.


O deputado federal ainda afirmou que o partido pretende trabalhar com candidaturas nos 78 municípios do estado. Para isso, vão trabalhar as executivas municipais e buscar alianças entre os partidos amigos.


Ele disse que não vão trabalhar com chapa pura e que no interior e possível aliança com o PMDB, entretanto na capital está descartada esta hipótese. “O PT aponta um candidato e vai trabalhar as alianças”.


Para o parlamentar, essas diferenças vêm contribuir para o debate político e quem ganha com isso é a sociedade. “Candidatura única é muito ruim”, frisou.


Os partidos aliados, historicamente são: PTB, PC do B, PSB, PV e agora o PSD.


O deputado disse que os quatro possíveis nomes para a pré-candidatura na capital são: Pedro Teruel, Pedro Kemp, Zeca e Vander Loubet.


Correntes


Um dos nomes cogitados para a pré-candidatura na capital, Vander Loubet, não confirma Zeca na lista e reafirma que está a disposição. “Quero ser candidato e acho que o meu nome pode juntar o grupo do Zeca e do Delcídio”.


Para Vander, o PT começa a definir quem é o candidato para tomar uma posição e iniciar o diálogo com os outros partidos. “Queremos evitar a prévia e já definir um nome para a convenção”, ressaltou.


Vander acredita que esta linha pode unificar o PT e direcionar o discurso desta frente de oposição.


Serviço


A reunião está prevista para às 14h na sede da Fetems (Federação dos Trabalhadores da Educação de Mato Grosso do Sul).

Jornal Midiamax