Geral

Com Massa muito perto, Schumacher termina na frente em Jerez

A fase e os resultados ruins parecem ter ficado no passado para Michael Schumacher. Com o novo carro da Mercedes, o heptacampeão andou muito bem e fechou o segundo dia de testes no circuito de Jerez de la Frontera, no sul da Espanha, na primeira posição. O heptacampeão marcou o tempo de 1m20s352, apenas 61 […]

Arquivo Publicado em 11/02/2011, às 16h27

None

A fase e os resultados ruins parecem ter ficado no passado para Michael Schumacher. Com o novo carro da Mercedes, o heptacampeão andou muito bem e fechou o segundo dia de testes no circuito de Jerez de la Frontera, no sul da Espanha, na primeira posição.


O heptacampeão marcou o tempo de 1m20s352, apenas 61 milésimos à frente do brasileiro Felipe Massa, da Ferrari, segundo colocado nesta sexta-feira. Os dois sofreram muito com o aquecimento dos pneus no ano passado, mas vêm se mostrando mais à vontade com os novos Pirelli, mais aderentes.


Quarto pela manhã, o inglês Jenson Button, campeão de 2009, andou pela primeira vez com a nova McLaren MP4/26 e fechou o dia na terceira posição. O espanhol Jaime Alguersuari, da STR, surpreendeu com o novo carro da equipe e marcou o quarto tempo, logo à frente do australiano Mark Webber, da coirmã e campeã RBR, que completou a lista dos cinco primeiros colocados.


O dia foi marcado também por dois acidentes. Primeiro, o mexicano Sergio Pérez, que estreia nesta temporada pela Sauber, acertou o muro da curva 8 e teve a parte dianteira de seu carro bastante danificada. Mais para o fim da sessão, o venezuelano Pastor Maldonado, da Williams, passou reto na curva 4 e bateu com força na barreira de pneus, destruindo a traseira do carro. Ele já havia sofrido de manhã com problemas no Sistema de Recuperação de Energia Cinética (Kers).


Além dos problemas com Pérez e Maldonado, as atividades de pista já haviam sido interrompidas duas vezes pela manhã, com a bandeira vermelha mostrada. Alguersuari escapou na curva 9 no início do treino e o russo Vitaly Petrov, da Renault-Lotus, ficou na caixa de brita da curva dois, já no final da manhã. O tempo estava ensolarado em Jerez, com temperatura ambiente de 16°C.

Jornal Midiamax