O projeto Cinema (d)e Horror é uma parceria entre a Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS) e a Fundação de Cultura de Mato Grosso do Sul (FCMS) e exibe na próxima quinta-feira (10 de novembro), o filme “Cisne Negro”, às 18h30, na sala Rubens Corrêa do Centro Cultural José Octávio Guizzo. A entrada é franca e aberta à comunidade em geral.

Com direção de Darren Aronofsky, o filme “Cisne Negro” (EUA/2010/103min/16anos) tem no elenco Natalie Portman, Mila Kunis, Vicent Cassel, Barbara Hershey e Winona Ryder, e trata da história de Nina Sayers (Natalie Portman), uma bailarina de uma companhia nova-iorquina que leva a vida inteiramente consumida pela dança e pela influência dos desejos de sua mãe, Erica (Barbara Hershey), bailarina aposentada que incentiva a ambição profissional da filha.

A trama começa quando o diretor Cia de Balé, Thomas Leroy (Vincent Cassel), decide substituir a bailarina principal, Beth MacIntyre (Winona Ryder), na apresentação de abertura da temporada, O Lago dos Cisnes. O papel requer uma bailarina capaz de interpretar tanto o Cisne Branco com inocência e graça, quanto o Cisne Negro, que representa malícia e sensualidade. Nina se encaixa perfeitamente no papel do Cisne Branco, porém Lily (Mila Kunis), a nova bailarina, é a própria personificação do Cisne Negro.

“A relação conflitante entre as duas bailarinas e o desejo pela conquista do papel principal na peça faz com que Nina se obrigue a procurar uma parte obscura sua, que até aquele momento ela própria desconhecia. Conhecido por não se preocupar em agradar ao público com finais felizes, Darren Aronofsky, diretor de Cisne Negro, não foge disso, não tenta ser amigável ou popular, encarrega-se de contar uma história e deixar seu espectador pensando nela por um tempo depois de as luzes se acenderem. Aronofsky dá ao espectador o prazer de acompanhar a personagem de Natalie Portman em transformação, sem limites e barreiras”, explica a mediadora do debate, Tamarana Marques, mestranda em Estudos de Linguagens da UFMS.

O projeto Cinema d(e) Horror está em seu 4º ano, é administrado pela professora doutora Rosana Cristina Zanelatto Santos, coordenadora da Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação (Propp) da Universidade Federal de Mato Grosso do Sul e por Carol Sartomen, mestranda em Estudos de Linguagens da UFMS. Geralmente tem duas exibições mensais e conta com a participação de graduandos e mestrandos da área de Letras da UFMS ou convidados especiais para as exibições e debates de filmes que tratam da categoria “Horror” no plano das artes, contando também com a participação da sociedade campo-grandense.

Mais informações podem ser obtidas pelo telefone 3317-1795 ou no Centro Cultural José Octávio Guizzo que fica localizado na rua 26 de Agosto, 453, entre a Calógeras e a 14 de Julho.