Geral

Chevron rebate Ibama e diz que aplicou corretamente plano de emergência

A empresa petrolífera Chevron divulgou, há pouco, nota rebatendo as alegações do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama), que aplicou hoje (23) mais uma multa, no valor de R$ 10 milhões, à companhia. Segundo o Ibama, houve falhas no cumprimento do Plano de Emergência Individual (PEI) por parte da Chevron. […]

Arquivo Publicado em 24/12/2011, às 00h36

None

A empresa petrolífera Chevron divulgou, há pouco, nota rebatendo as alegações do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama), que aplicou hoje (23) mais uma multa, no valor de R$ 10 milhões, à companhia. Segundo o Ibama, houve falhas no cumprimento do Plano de Emergência Individual (PEI) por parte da Chevron.


Na nota, a empresa diz que o PEI aprovado pelo Ibama foi implementado de forma apropriada e em tempo adequado. “O plano foi posto em prática rapidamente com a realização dos procedimentos padrão para estancar a fonte do vazamento. Em apenas quatro dias, um período considerado excelente por especialistas do setor, a empresa conseguiu controlar a fonte do vazamento, iniciando o processo de monitorar o fluxo proveniente das linhas de afloramento, que agora está reduzido a gotas intermitentes”, diz o texto da Chevron.


“Os fatos irão demonstrar que a empresa agiu de acordo tanto com o PEI quanto com os procedimentos padrão da indústria”, diz a nota. E acrescenta: “as ações imediatas tomadas neste incidente demonstram o compromisso da Chevron de proteger as pessoas e o meio ambiente.”


O Ibama já havia multado a petrolífera em R$ 50 milhões pelo vazamento de óleo no mar da Bacia de Campos em novembro.


Jornal Midiamax