Cerca de 150 mil alunos da Rede Estadual de Ensino participam amanhã (22) e quarta-feira (23) de avaliações de desempenho com o objetivo de verificar a qualidade do ensino.

A avaliação, realizada pela Secretaria de Estado de Educação (SED), acontece desde 2007. Neste ano irá abranger alunos dos 2º, 3º, 4º, 5º e 8º anos do ensino fundamental; os três anos do ensino médio e da primeira fase da Educação para Jovens e Adultos (EJA).

A prova tem como base a matriz de referência curricular da Secretaria de Estado de Educação. Os testes são elaborados com apoio do Centro de Políticas Públicas e Avaliação da Educação (Caed) da Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF), de Minas Gerais.

Os resultados dos testes serão publicados em março e ajudarão a identificar as principais dificuldades dos alunos e definir as modificações necessárias para alcançar as metas e qualificar o aprendizado dos alunos, principalmente nas séries iniciais de alfabetização.

No dia 22, os alunos vão responder às questões de Língua Portuguesa, com a produção de texto e no dia 23, às questões de Matemática.

De acordo com a superintendente de Planejamento e Apoio à Educação da SED, Ângela Maria da Silva, os dados servirão para definir estratégias. “A partir das informações obtidas poderemos definir quais as principais dificuldades e as estratégias para melhorar o ensino em cada escola”, afirmou Ângela. O referencial curricular é feito por bimestre.

Os professores da Rede Estadual de Ensino passaram por treinamentos para definir as regras de aplicação das provas. A organização será acompanhada pelos coordenadores dos polos municipais.