Geral

Carnaval: Corpo de Bombeiros de Corumbá realiza treinamento de resgate aquático

De 21 a 25 de fevereiro, o 3º Grupamento de Bombeiros de Corumbá realizou o treinamento de resgate aquático, visando o período de carnaval. “Foi uma semana de treinamentos para preparar os militares para casos de resgate. Escolhemos esta época do ano, porque o fluxo intenso de pessoas na cidade, associado ao calor de Corumbá, […]

Arquivo Publicado em 25/02/2011, às 15h19

None

De 21 a 25 de fevereiro, o 3º Grupamento de Bombeiros de Corumbá realizou o treinamento de resgate aquático, visando o período de carnaval. “Foi uma semana de treinamentos para preparar os militares para casos de resgate. Escolhemos esta época do ano, porque o fluxo intenso de pessoas na cidade, associado ao calor de Corumbá, gera um aumento de circulação de pessoas nos balneários e no rio Paraguai. O treinamento serve como uma reciclagem aos militares mais antigos e como uma capacitação aos recentes”, explicou ao Diário o tenente-coronel Sidnei Ribeiro, comandante do 3º GB.

Ao todo, 20 bombeiros participaram do treinamento, que foi ministrado nos períodos matutino e vespertino, com aulas teóricas e práticas, na piscina do Grêmio Recreativo. Os bombeiros receberam treinamento de técnicas de mergulho e resgate em casos de afogamento. O treinamento foi coordenado pelo cabo bombeiro Clodoaldo Gomes da Silva, que antecipou ao Diário, que desta turma, 10 bombeiros receberão capacitação extra para atuar no salvamento aquático ainda em 2011.

“A intenção, é que destes 20 bombeiros, os 10 que se destacarem, recebam ao longo deste ano um treinamento intensivo para atuarem especificamente em salvamentos aquáticos, proporcionando assim mais segurança à população”, comentou o cabo.

Treinamentos intensivos

Além do treinamento de resgate aquático, o tenente-coronel Sidnei Ribeiro, frisou que desde o ano passado, a corporação vem desenvolvendo atividades de treinamento. “Desenvolvemos um calendário de instruções. Um dos primeiros programas colocados em execução foi o de Instrução Continuada Operacional, chamado PICO, onde uma vez por semana, todo o efetivo, incluindo o administrativo, realizou um treinamento no setor operacional, onde eram ministradas técnicas de nós, amarrações, salvamentos, atividades em altura, utilização de equipamentos operacionais, técnicas de primeiros socorros e de resgate de vítimas”, explicou.

Outras operações também foram realizadas, segundo informou o tenente-coronel, como a operação em espaço confinado, quando os bombeiros realizaram um treinamento em casos de edificações fechadas, locais subterrâneos, sem visibilidade, com fumaça, e em seguida, a instrução com equipamento desencarcerador, que se destina a retirada de vítimas de ferragens, abertura de ferragens e manutenção do equipamento.

Outro treinamento já colocado em prática é o “método restart”. “Trata-se de um método de triagem rápida de vítimas e de múltiplas vítimas. Por coincidência ou não, colocamos em prática todo o treinamento, uma semana após a capacitação, quando realizamos o atendimento a um acidente com ônibus intermunicipais, que ocorreu na BR-262. Uma criança morreu nesse acidente e outras ficaram feridas. Com esses treinamentos, podemos manter a corporação ativa e em plena capacidade de atuação”, afirmou o comandante.

Carnaval 2011

Com a integração do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) neste carnaval, o Corpo de Bombeiros de Corumbá, ganhou um grande auxílio no atendimento às ocorrências, porém, mesmo assim, a corporação terá um reforço no efetivo, como informou ao Diário o tenente-coronel Sidnei.

“Corumbá contará com duas equipes de atendimento do SAMU, uma básica e outra avançada e também iremos receber mais oito soldados, que irão incorporar o quadro efetivo da cidade no período de carnaval. Esses soldados deverão ser incorporados definitivamente ao quadro de Corumbá, no segundo semestre de 2011”, informou.

Jornal Midiamax