Geral

Audiências vão discutir federalização de estrada no Pantanal

Duas audiências públicas serão realizadas em conjunto por Mato Grosso e Mato Grosso do Sul para tratar da criação da primeira Estrada Parque e de sua federalização. O assunto que foi levado pelo prefeito de Poconé, Tico de Arlindo (DEM), aos senadores Jaime Campos (DEM/MT), Blairo Maggi (PR/MT), Delcidio Amaral (PT/MS) e Waldemir Moka (PMDB/MS) […]

Arquivo Publicado em 24/06/2011, às 12h48

None

Duas audiências públicas serão realizadas em conjunto por Mato Grosso e Mato Grosso do Sul para tratar da criação da primeira Estrada Parque e de sua federalização. O assunto que foi levado pelo prefeito de Poconé, Tico de Arlindo (DEM), aos senadores Jaime Campos (DEM/MT), Blairo Maggi (PR/MT), Delcidio Amaral (PT/MS) e Waldemir Moka (PMDB/MS) já faz parte da agenda do governador André Puccinelli e chegou agora ao presidente da Assembleia, José Riva (PP), que garantiu apoio para que não só a audiência seja realizada, como a federalização se torne uma realidade.

O senador Jaime Campos disse que procurou o governador Silval Barbosa (PMDB), que também garantiu apoio à proposta e inclusive iria inserir a mesma numa agenda que está sendo marcada com a presidente Dilma Rousseff.

Já o prefeito de Poconé, disse que a interligação entre a comunidade de Porto Cercado, município de Poconé, até o município de Corumbá, é de 200 quilômetros e que além de cortar o Pantanal de ambos os estados servirá para atender aos criadores de animais na região. “O problema está no volume de obras de pontes que terão que ser executadas e que encarecem a obra”, disse Tico de Arlindo, sinalizando que Mato Grosso do Sul já iniciou os 20 primeiros quilômetros da interligação.

Jaime Campos explicou que o turismo ecológico promove a movimentação de outros 52 segmentos econômicos, o que poderá levar a região a ampliar consideravelmente sua economia.

Jornal Midiamax