Geral

Árbitro de futebol é morto a tiros dentro de campo no interior do MS

Além do árbitro, outras duas pessoas foram baleadas; uma morreu a caminho do hospital. De acordo com uma testemunha, a tragédia aconteceu no início do segundo jogo da tarde. Com a ausência da polícia no jogo, o atirador matou o árbitro e atirou nas outras duas vítimas e em seguida fugiu em uma motocicleta.

Arquivo Publicado em 25/09/2011, às 19h55

None
266680909.jpg

Além do árbitro, outras duas pessoas foram baleadas; uma morreu a caminho do hospital. De acordo com uma testemunha, a tragédia aconteceu no início do segundo jogo da tarde. Com a ausência da polícia no jogo, o atirador matou o árbitro e atirou nas outras duas vítimas e em seguida fugiu em uma motocicleta.

O que era para ser uma tarde de esporte e lazer no distrito de Casa Verde, em Nova Andradina, acabou em tragédia. No momento que era disputada a final do primeiro campeonato de futebol no Distrito da Nova Casa Verde, o arbitro que apitava o jogo foi assassinado a tiros.

A vítima foi identificada como sendo o ex- policial militar Flavio Urbanjo. Além do árbitro, outras duas pessoas que estavam no campo também foram baleadas, sendo que uma veio a óbito a caminho do Hospital Regional e foi dentificada por Alfredo Barreto, de 54 anos. A terceira vítima trata-se de Silvio Talasko, de 20 anos, que levou um tiro na perna direita. A Polícia Civil foi acionada no local junto com peritos do núcleo de pericias.

De acordo com uma testemunha, a tragédia aconteceu no início do segundo jogo da tarde. Com a ausência da polícia no jogo, o atirador matou o árbitro e atirou nas outras duas vítimas e em seguida fugiu em uma motocicleta.

O prefeito de Nova Andradina, Gilberto Garcia seguia para o distrito para fazer a entrega dos troféus, porém cancelou sua ida ao receber uma ligação de um de seus assessores que o informou sobre os crimes. (Notícia editada as 17h40 para acréscimo de informação).






Jornal Midiamax