Geral

Após eliminação, Bellucci sobe uma posição no ranking

Mesmo de ter sido eliminado logo na quartas de final do Brasil Open, o brasileiro Thomaz Bellucci subiu, nesta segunda-feira, uma posição em relação à semana passada no ranking da ATP e passou do 37.º para o 36.º posto do tênis mundial, com 1.150 pontos. O brasileiro acabou beneficiado pelo fato de ter conseguido defender […]

Arquivo Publicado em 14/02/2011, às 11h45

None

Mesmo de ter sido eliminado logo na quartas de final do Brasil Open, o brasileiro Thomaz Bellucci subiu, nesta segunda-feira, uma posição em relação à semana passada no ranking da ATP e passou do 37.º para o 36.º posto do tênis mundial, com 1.150 pontos.

O brasileiro acabou beneficiado pelo fato de ter conseguido defender os pontos obtidos no ano passado no ATP disputado na Costa do Sauipe, na Bahia, e pela queda do alemão Florian Mayer, que caiu da 35.ª para a 38.ª colocação. Os outros dois brasileiros que estão no top 100 também alteraram as suas posições. Ricardo Mello passou de 78.º para 80.º, enquanto Marcos Daniel subiu de 94.º para 93.º.

Já no top 10, a única novidade desta segunda-feira no ranking foi a volta do austríaco Jurgen Melzer para a décima colocação. Ele retomou o posto perdido na semana passada para o russo Mikhail Youzhny, que retorna para a 11.ª posição.

A liderança do ranking segue com o espanhol Rafael Nadal, disparado no topo com 12.390 pontos, enquanto o suíço Roger Federer é o segundo colocado, com 7.965, seguido de perto pelo sérvio Novak Djokovic, o terceiro com 7.880. Campeão do Torneio de Roterdã no último domingo, o sueco Robin Soderling se manteve com os mesmos 5.955 pontos da semana passada, pois já havia sido vencedor do ATP holandês em 2010.

Já a revelação canadense Milos Raonic, de 20 anos, foi o destaque do top 100 nesta segunda-feira graças ao surpreendente título do Torneio de San Jose, nos Estados Unidos. Após bater na decisão o espanhol Fernando Verdasco, nono colocado do mundo, ele subiu 25 posições e passou a ser o novo 59.º do ranking da ATP.

Jornal Midiamax