Geral

Sem aliviar, Tite promete time titular já no Paulista

De férias no Rio Grande do Sul, o técnico do Corinthians já mandou um recado para a torcida. No começo da temporada não vai aliviar para os jogadores e a promessa é de já começar o Campeonato Paulista com toda a equipe titular. A ideia de Tite é que os atletas considerados titulares precisarão adquirir […]

Arquivo Publicado em 27/12/2010, às 15h08

None

De férias no Rio Grande do Sul, o técnico do Corinthians já mandou um recado para a torcida. No começo da temporada não vai aliviar para os jogadores e a promessa é de já começar o Campeonato Paulista com toda a equipe titular.


A ideia de Tite é que os atletas considerados titulares precisarão adquirir ritmo de jogo o mais rápido possível, já que o time estreia pela Pré-Libertadores no dia 26 de janeiro contra o Tolima-COL.


“Tenho experiência de competições paralelas. Joguei o Gaúcho e a Libertadores por duas vezes com o Grêmio e o mesmo aconteceu no São Caetano e no Internacional. Nos primeiros jogos do Campeonato Paulista, usarei o time principal. O momento do Corinthians diz que precisamos jogar com o time principal no início para que eles possam ganhar ritmo. É claro que na semana dos jogos na Colômbia, isso vai mudar”, disse o comandante à Rádio Gaúcha.


Sabendo da temporada constante que o Corinthians terá pela frente, com três competições já no primeiro semestre, o técnico alvinegro aguarda reforços para seu elenco.


“Quero um zagueiro para a função do William, um centroavante-pivô porque saiu o Souza, outro meia para o lugar do Elias, e um atacante de velocidade porque a equipe careceu muito quando machucaram o Dentinho e o Jorge Henrique. Essas funções são vitais para a equipe em termos de reforços”, explicou.


Tite ainda explicou que necessita de jogadores que cheguem para jogar, não apenas para compor o elenco.


“Temos uma base que facilita o entrosamento, mas precisamos sim de reforços pontuais. Não para acrescentar em número, mas em qualificação. Saíram oito jogadores, estão retornando outros de empréstimos. O objetivo não é quantificar, é qualificar”, concluiu.

Jornal Midiamax