Geral

Renda nominal da poupança terá pior ano desde 1967, diz consultoria

A caderneta de poupança vai fechar o ano com a pior rentabilidade nominal (sem descontar a inflação) desde 1967, segundo levantamento da consultoria Economatica. A taxa paga ao poupador este ano ficará em 6,90%, abaixo dos 7,05% verificados em 2009. Descontada a inflação calculada pelo Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), até o mês […]

Arquivo Publicado em 28/12/2010, às 15h50

None

A caderneta de poupança vai fechar o ano com a pior rentabilidade nominal (sem descontar a inflação) desde 1967, segundo levantamento da consultoria Economatica. A taxa paga ao poupador este ano ficará em 6,90%, abaixo dos 7,05% verificados em 2009.


Descontada a inflação calculada pelo Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), até o mês de novembro (a inflação de dezembro ainda não está disponível), a rentabilidade da poupança no ano é de 1,75%, o menor ganho ajustado pelo IPCA no ano de 2002, quando o poupador perdeu 2,90% do seu poder aquisitivo.


Nos últimos oito anos, a rentabilidade nominal acumulada foi de 89,4%. Já o ganho real, descontada a inflação até novembro desde ano, ficou em 21,6%, ainda de acordo com os cálculos da Economatica.

Jornal Midiamax