Geral

PSDB pedirá convocação de Dilma ao Senado para esclarecimentos

O vice-líder do PSDB no Senado, Alvaro Dias (PSDB-PR), afirmou neste sábado (18) que vai encaminhar na próxima segunda (20) requerimento do partido à Comissão de Constituição e Justiça da Casa para que a candidata do PT à Presidência e ex-ministra da Casa Civil, Dilma Rousseff, seja convidada para esclarecer as denuncias de tráfico de […]

Arquivo Publicado em 18/09/2010, às 22h14

None

O vice-líder do PSDB no Senado, Alvaro Dias (PSDB-PR), afirmou neste sábado (18) que vai encaminhar na próxima segunda (20) requerimento do partido à Comissão de Constituição e Justiça da Casa para que a candidata do PT à Presidência e ex-ministra da Casa Civil, Dilma Rousseff, seja convidada para esclarecer as denuncias de tráfico de influência na pasta.


“Se ela [Dilma] fosse ministra, seria demitida. Ela tem que ser ouvida, tem que dar explicações. Não pode se esconder atrás de ombro algum. Ela deve explicações à sociedade e certamente deve ser investigada também”, afirmou o senador tucano.


Dias disse ainda que os advogados do partido irão fazer um adendo à representação protocolada na última semana pedindo a investigação do envolvimento da ex-ministra Erenice Guerra nas denúncias. A decisão foi tomada pelo partido diante de novas denúncias sobre tráfico de influência na Casa Civil, divulgadas neste sábado (18) pela revista “Veja”.


Segundo Dias, o objetivo é dar “visibilidade aos fatos”, estimular a investigação e não usar os fatos na campanha eleitoral. O senador tucano também falou sobre as informações publicadas pela revista “Veja” deste final de semana, de que teria havido cobrança de propina na compra do medicamento Tamiflu, para o tratamento da gripe H1N1.


“Enquanto brasileiros morriam desassistidos vitimados pela gripe A, inclusive mulheres grávidas, no governo se instalava um balcão de negócio. Como alguém pode desejar chegar a Presidência se não enxerga um balcão de negócios, um propinoduto a um palmo do seu nariz?”, questionou o senador.

Jornal Midiamax