Possível licenciamento de Lula revela insegurança do PT, diz Marina Silva

A senadora Marina Silva (AC), pré-candidata do PV ao Palácio do Planalto, disse nesta quinta-feira que o possível licenciamento do presidente Luiz Inácio Lula da Silva da Presidência da República revela insegurança do PT em relação à campanha da ministra Dilma Rousseff (Casa Civil). Segundo ela, o governante eleito deve afirmar sua liderança durante a […]
| 04/03/2010
- 22:34
Possível licenciamento de Lula revela insegurança do PT, diz Marina Silva

A senadora Marina Silva (AC), pré-candidata do PV ao Palácio do Planalto, disse nesta quinta-feira que o possível licenciamento do presidente Luiz Inácio Lula da Silva da Presidência da República revela insegurança do PT em relação à campanha da ministra Dilma Rousseff (Casa Civil). Segundo ela, o governante eleito deve afirmar sua liderança durante a campanha e não após ganhar as eleições.

“O momento de ganhar as eleições é também o momento de afirmação dessa liderança. Se isso se confirmar [Lula se licenciar], talvez seja uma certa insegurança com o processo político. Estamos aguardando os fatos”, afirmou a senadora, no Rio, onde participa de seminário do Funbio (Fundo Brasileiro para a Biodiversidade).

Marina minimizou a subida de Dilma nas últimas pesquisas de intenção de voto. Ela lembrou que a ministra permaneceu abaixo dos 10% durante um longo período, mesmo com o apoio de Lula. Para a senadora, as pesquisas não demonstram “algo já estabelecido” e sim mostra a “fotografia do momento”.

“É um processo. Não se pode olhar para as pesquisas como se fosse algo já estabelecido. Há muita água para rolar embaixo dessa ponte”, afirmou.

Sobre a participação de Dilma e do governador de São Paulo, José Serra (PSDB), em inaugurações de obras no país, Marina afirmou que há “forte sinalização” de uso da máquina pública para promover os pré-candidatos. Ela, no entanto, admitiu que há uma dificuldade natural em se estabelecer uma separação entre atos do Executivo e dos políticos.

“O cuidado deve ser redobrado para que a lei seja observada e para que não haja desequilíbrio em termos de equidade no processo da disputa. Isso, em muitos momentos, fica claramente quebrado”, disse.

Veja também

Fenômeno foi constatado na galáxia Grande Nuvem de Magalhães

Últimas notícias