Geral

PMA de Três Lagoas apreende animais e evita caça

Policiais militares ambientais de Três Lagoas receberam denúncia de que em um terreno no centro da cidade, haviam sido derrubadas duas palmeiras, havendo um ninho de arara Canindé em uma delas. Os policiais foram ao local e verificaram que as árvores tinham sido derrubadas para a construção de uma residência e o proprietário tinha autorização […]

Arquivo Publicado em 16/10/2010, às 16h53

None

Policiais militares ambientais de Três Lagoas receberam denúncia de que em um terreno no centro da cidade, haviam sido derrubadas duas palmeiras, havendo um ninho de arara Canindé em uma delas. Os policiais foram ao local e verificaram que as árvores tinham sido derrubadas para a construção de uma residência e o proprietário tinha autorização ambiental para o corte.

Ele teria as teria derrubado sem perceber o ninho. Os filhotes, entretanto, já estavam em idade de vôo e não houve necessidade de capturá-los Por outro lado, no barro Jardim Oiti, a PMA foi acionada para capturar 01 gambá, que estava dentro de uma residência.

Em outro bairro, apareceu um tamanduá-bandeira no quintal da residência do Senhor José Francisco dos Santos, que acionou a PMA que capturou o bicho. Ambos os animais foram soltos na reserva da fazenda Casa Branca no município de Três Lagoas.

Caçador – Já, em Brasilândia, policiais militares ambientais de Três Lagoas, avistaram, durante fisclização na fazenda Cisalpina, um elemento à margem direita do rio Verde, com uma mochila nas costa em atitude suspeita de prática de caça. Os policiais tentaram se aproximar do homem que, ao perceber, evadiu-se para uma mata.

Os policiais diligenciaram na tentativa de localizar o fugitivo, porém, encontraram apenas 01 bicicleta com uma caixa na garupa, indicando que o homem estava caçando no local. Na mochila, possivelmente estivessem as armas.

A bicicleta foi apreendida e encaminhada à delegacia de polícia de Brasilândia que investigará, no intuito de localizar o caçador. O elemento não teve tempo de matar nenhum animal, graças à fiscalização.

Jornal Midiamax