Geral

PM à paisana é roubado e quando ladrões tentam fugir, ele se identifica, atira e prende

O soldado da PM C.D.S., 30, foi assaltado a 0h em frente ao Ceasa; assaltante ferido foi levado para a Santa Casa e o outro foi detido

Arquivo Publicado em 24/03/2010, às 12h17

None

O soldado da PM C.D.S., 30, foi assaltado a 0h em frente ao Ceasa; assaltante ferido foi levado para a Santa Casa e o outro foi detido

O soldado da PM (Polícia Militar) C.D.S., 30, foi assaltado a 0h em frente ao Ceasa, na saída para Cuiabá, em Campo Grande. Segundo informações apuradas pelo Midiamax, ele estava de motocicleta e buscou abrigo em frente a uma varanda para se proteger da garoa, quando os dois suspeitos de assalto, Welington Silva de Oliveira, 18, e Flázio Ortenço de Melo, 19, se aproximaram. Eles conduziam a motocicleta Cripton HSH-6446.

Armados, teriam encostado o revólver na cabeça de C.D.S. e tomado dele a carteira e o aparelho celular. Oliveira seguiu na Cripton e Melo roubou a motocicleta do policial. Quando a dupla virou as costas, o PM teria sacado a arma e dito: parado, polícia!

Foi neste instante que, segundo a apuração da reportagem, Welington Oliveira teria dito para Flázio Melo atirar e matar o policial militar. C.D.S. disparou contra Flázio Melo e ele caiu ferido. O suspeito foi alvejado na barriga, perna e braço. Ele foi socorrido pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência e está internado na Santa Casa, onde passará por procedimentos cirúrgicos, conforme informou o hospital.

C.D.S. pediu apoio de policiais e bombeiros. Na madrugada, Oliveira acabou preso. Ele foi encontrado escondido em cima de uma árvore na casa da mãe dele. O suspeito já tem passagem na polícia por assalto. O soldado C.D.S. não foi ferido. (Matéria editada para acréscimo de informações) 

Jornal Midiamax