Geral

OAB exige investigação e diz que denúncia de propina no Parque dos Poderes é “gravíssima”

A Ordem dos Advogados do Brasil Seccional de Mato Grosso do Sul já emitiu nota à imprensa exigindo investigação sobre o vídeo que circula na internet com gravação de declarações do deputado estadual Ary Rigo entregando um esquema de distribuição de dinheiro entre diversas autoridades estaduais como o governador André Pucinelli, a Assembléia Legislativa e desembargadores do […]

Arquivo Publicado em 21/09/2010, às 21h28

None

A Ordem dos Advogados do Brasil Seccional de Mato Grosso do Sul já emitiu nota à imprensa exigindo investigação sobre o vídeo que circula na internet com gravação de declarações do deputado estadual Ary Rigo entregando um esquema de distribuição de dinheiro entre diversas autoridades estaduais como o governador André Pucinelli, a Assembléia Legislativa e desembargadores do TJ-MS.

A OAB classifica como “gravíssimas” as denúncias. “É preciso investigar e punir os eventuais responsáveis por práticas que não condizem com pessoas e instituições públicas”, ressaltou o vice-presidente da entidade, que assina a nota. O presidente, Leonardo Duarte, não se manifestou até o momento.

Veja a nota, na íntegra, enviada pela assessoria de imprensa.

OAB/MS exige a apuração das denúncias feitas em vídeo que circula na internet

A Ordem dos Advogados do Brasil, Seccional Mato Grosso do Sul, exige a imediata apuração das denúncias que estão circulando no Youtube e em vários sites de notícia. “Os fatos relatados no vídeo que circula na internet devem ser esclarecidos pelo bem da sociedade sul-mato-grossense”, disse o vice-presidente da OAB/MS, Júlio César Souza Rodrigues.

Na avaliação da Seccional de Mato Grosso do Sul, as denúncias são gravíssimas porque envolvem altas autoridades do Poder Legislativo, Executivo e Judiciário. “É preciso investigar e punir os eventuais responsáveis por práticas que não condizem com pessoas e instituições públicas”, ressaltou o vice-presidente da entidade.

Jornal Midiamax