Geral

Mello vence e deixa Brasil perto da elite da Davis

O Brasil sofreu muito nesta sexta-feira, mas está perto de garantir presença no Grupo Mundial da Copa Davis. Depois de Thomaz Bellucci vencer o primeiro jogo do dia, Ricardo Mello derrotou o indiano Somdev Devvarman, por 3 sets a 2, com parciais de 4/6, 6/2, 6/7 (3/7), 6/2 e 6/4, em 4 horas e 12 […]

Arquivo Publicado em 17/09/2010, às 15h04

None

O Brasil sofreu muito nesta sexta-feira, mas está perto de garantir presença no Grupo Mundial da Copa Davis. Depois de Thomaz Bellucci vencer o primeiro jogo do dia, Ricardo Mello derrotou o indiano Somdev Devvarman, por 3 sets a 2, com parciais de 4/6, 6/2, 6/7 (3/7), 6/2 e 6/4, em 4 horas e 12 minutos.


Com os resultados desta sexta-feira, o Brasil abriu 2 a 0 no confronto com a Índia pela repescagem do Grupo Mundial da Copa Davis, disputada em Chennai. Assim, a equipe precisa de apenas uma vitória para voltar a jogar na elite, o que não acontece desde 2003. No sábado, acontece uma partida de duplas e no domingo dois jogos de simples.


A partida foi ruim tecnicamente, com 159 erros não-forçados. No primeiro set, Devvarman conseguiu duas quebras de serviço nos primeiros games e abriu 3/0 com facilidade. Mello ainda esboçou uma reação, mas foi insuficiente e terminou sendo derrotado por 6/4.


Mais forte no segundo set, Mello abriu 3/0. O tenista indiano devolveu a quebra, mas o brasileiro conseguiu novas quebras no sexto e oitavo games, fechando a parcial em 6/2 e empatando o confronto.


No terceiro set, Devvarman conseguiu uma quebra de serviço logo no primeiro game, que só foi devolvida pelo brasileiro no décimo game. Assim, a disputa seguiu para o tie-break, vencido pelo indiano. Em desvantagem, Mello apresentou reação imediata no quarto set, dominado pelo brasileiro. Ele conseguiu quebras de serviço no terceiro e quinto games, venceu por 6/2 e levou o duelo ao quinto set.


No set decisivo, Mello obteve quebra de serviço no sétimo game, mas não conseguiu manter o seu saque em seguida. No nono game, porém, o brasileiro voltou a quebrar o saque de Devvarman e fez 5/4. Em seguida, venceu o seu game de serviço, fechou o quinto set em 6/4 e a partida em 3 a 2, deixando o Brasil mais perto da elite da Copa Davis.

Jornal Midiamax