Geral

Mais de um milhão saúdam seleção espanhola em Madri

Mais de um milhão de pessoas foram às ruas de Madri nesta segunda-feira receber a seleção da Espanha, que desembarcou da África do Sul com o primeiro troféu da Copa do Mundo da história do país. Com a taça, o capitão da equipe, o goleiro Casillas, foi o primeiro a desembarcar no aeroporto de Barajas, […]

Arquivo Publicado em 12/07/2010, às 22h55

None

Mais de um milhão de pessoas foram às ruas de Madri nesta segunda-feira receber a seleção da Espanha, que desembarcou da África do Sul com o primeiro troféu da Copa do Mundo da história do país.

Com a taça, o capitão da equipe, o goleiro Casillas, foi o primeiro a desembarcar no aeroporto de Barajas, sob um calor de mais de 40ºC.

Na fuselagem do avião que trouxe a seleção foram escritas as palavras “Campeões” e “Orgulhosos da nossa seleção”.

Após breve descanso, os jogadores foram se encontrar com o premiê José Luis Rodríguez Zapatero e a família real espanhola.

“Obrigado campeões, em nome da Espanha e de todos os espanhóis”, disse o rei Juan Carlos, acompanhado de sua esposa, a rainha Sofia, seu filho Felipe e sua esposa, Letizia.

“Esta foi uma vitória bem merecida para um time excepcional que encantou os corações de todos os espanhóis. Vocês uniram os espanhóis, tornaram nossos sonhos realidade e projetaram o nome da Espanha em todo o mundo”, disse ele.

No Palácio de Moncloa, sede do governo, o premiê Zapatero elogiou em particular o meia Iniesta, autor do gol do título, na vitória de 1 a 0 contra a Holanda.

“Ele representa, como ninguém, o bom futebol e as qualidades humanas”, disse Zapatero. “Não há modelo melhor para nossos jovens, dado seu talento e qualidades pessoais.”

Depois, os jogadores no alto descoberto de ônibus de dois andares pelas ruas da capital espanhola, saudando os milhares de fãs.

Jornal Midiamax