Geral

Mais de 120 t de maconha e cocaína foram apreendidas no Paraguai em 2010

A Secretaria Nacional Antidrogas do Paraguai (Senad) apreendeu em 2010, 1,4 tonelada de cocaína e 128,9 toneladas de maconha, em ações no País, sendo a maioria encontrada na região de fronteira com o Brasil, na Operação Aliança, feita durante todo o ano. Nessas operações conjuntas, pelo menos 1,031 mil hectares foram localizados com plantações de […]

Arquivo Publicado em 29/12/2010, às 16h55

None

A Secretaria Nacional Antidrogas do Paraguai (Senad) apreendeu em 2010, 1,4 tonelada de cocaína e 128,9 toneladas de maconha, em ações no País, sendo a maioria encontrada na região de fronteira com o Brasil, na Operação Aliança, feita durante todo o ano.

Nessas operações conjuntas, pelo menos 1,031 mil hectares foram localizados com plantações de maconha e três toneladas de sementes da droga foram recolhidas.

Os dados divulgados pela Senad relatam o trabalho feito em todo o País, mas destacam a parceria com a Polícia Federal, principalmente na região paraguaia de Amambay e Canindeyú.

A Senad apreendeu 3,5 quilos de crack, 143 comprimidos de ecstasy, além de recolher outros produtos que servem para a produção de cocaína, outras drogas e medicamentos controlados como acetona, lidocaína, heroína, ácido sulfúrico, efedrina e disomnilan.

No total, o Paraguai prendeu 333 pessoas em operações de combate ao narcotráfico. Destas, o boletim destaca Jarvis Chimenes Pavão e Erineu Domingo Solingo, o Pingo.

Pingo é um dos traficantes mais procurados no Brasil e no Paraguai, tem duas condenações pela Justiça Federal de Ponta Porã , que somam 26 anos e de Passo Fundo com 15 anos, ambas por tráfico internacional de drogas.

Jornal Midiamax