Geral

Haiti: Militares de Jardim e Guia Lopes são recebidos com festa

Missão cumprida – esta foi a frase que os 16 militares de Jardim e Guia Lopes da Laguna, mais ouviram de amigos e familiares durante sua chegada na tarde desta sexta-feira, 29, no pátio da 4ª Companhia de Engenharia de Combate Mecanizada, vindos do Haiti, após permanecer por seis meses naquele país e ter presenciado […]

Arquivo Publicado em 30/01/2010, às 18h54

None

Missão cumprida – esta foi a frase que os 16 militares de Jardim e Guia Lopes da Laguna, mais ouviram de amigos e familiares durante sua chegada na tarde desta sexta-feira, 29, no pátio da 4ª Companhia de Engenharia de Combate Mecanizada, vindos do Haiti, após permanecer por seis meses naquele país e ter presenciado o terremoto que arrasou a cidade de Porto Príncipe.

Os “capacetes azuis”, como são conhecidos os militares que atuam em missão de paz no Haiti, fazem parte do grupo de 28 homens do Mato Grosso do Sul, integrantes do Comando Militar do Oeste (CMO), que chegaram ao país com mais outros 102 combatentes que também estão no 11º Contingente da Força de Paz do Exercito Brasileiro e seguiram para o Rio de Janeiro.

Durante a solenidade de homenagens aos militares jardinense e lagunenses, o Major Pablo Jose Lira de Almeida, comandante da 4ª Cia. de Engenharia, destacou a bravura e o heroísmo de cada comandado, oportunidade em que ressaltou a alegria de receber cada combatente com segurança e pesar pelos soldados que tombaram no cumprimento de seu dever. “A alegria toma conta do nosso coração ao receber cada um de vocês em nossa unidade militar, nobres discípulos da arma azul turquesa. Após seis meses de intenso trabalho e de assistência humanitária constante, certos de terem realizados em sua plenitude a missão imposta a vocês, tenho certeza de que suas almas e seus corações se revestem de alegria, pois esta missão foi diferente e vocês estavam lá para ajudar, tentar reduzir o caos, o sofrimento e a falta de esperança”, disse Major Lira.

Falando aos familiares, o comandante da companhia ressaltou a participação de cada membro como “soldados anônimos”, contribuindo de certa maneira para que os militares pudessem cumprir a sua missão naquele país. “O nosso agradecimento à cada família que nos confiou seu combatente, ajudando para que eles cumprissem esta etapa de suas vidas com honra e ideal, com a certeza de que estariam de volta para desfrutar da convivência carinhosa e fundamental do seio familiar”, enfatizou Lira.

Além do Major Pablo José Lira de Almeida também estiveram prestigiando o evento o presidente da câmara de vereadores, Gláucio Cabreira; a chefe de Gabinete de Jardim, Fátima Fernandes, representando o prefeito em exercício, Carlos Grubert e o Diácono José Luiz, representando o Bispo Diocesano Dom Jorge Bezerra.

Finalizando, quatro militares receberam das mãos do comando uma lembrança como forma de materializar os bons serviços prestados à 4ª Cia. de Engenharia. Foram homenageados o 1º Tenente Itamar Ferreira Duarte, o 2º Sargento Adevanildo Ribeiro da Luz, o 2º Sargento Adailton Brandão Miranda e o 3º Sargento Marcio Ribeiro Agne, que foram transferidos para outras unidades militares.

Jornal Midiamax