Geral

Espetáculo leva beleza da dança para Ivinhema

O espetáculo “COREOgeografia MS”, da Companhia Dome, será apresentado neste sábado, ás 20h, no Ginásio Municipal de Ivinhema. A peça com entrada gratuita tem concepção e direção de Blanche Torres. A peça integra o projeto Dança MS e recebeu investimentos da Fundação de Cultura do Estado de MS, por intermédio do fundo de investimentos Culturais […]

Arquivo Publicado em 09/07/2010, às 23h17

None

O espetáculo “COREOgeografia MS”, da Companhia Dome, será apresentado neste sábado, ás 20h, no Ginásio Municipal de Ivinhema. A peça com entrada gratuita tem concepção e direção de Blanche Torres.

A peça integra o projeto Dança MS e recebeu investimentos da Fundação de Cultura do Estado de MS, por intermédio do fundo de investimentos Culturais (FIC).

“COREOgeografia MS” presta uma homenagem a dança-teatro da coreógrafa alemã Pina Bausch, que morreu em junho do ano passado.

“O grupo Dome topou aventurar-se pelo universo da dança-teatro e a exemplo de Pina, que criava a partir do que seus bailarinos ofereciam a ela. Criamos movimentos com o que cada pessoa do elenco trouxe de sua experiência de vida, principalmente de sua infância”, ressalta Blanche Torres.

No elenco do espetáculo estão: Tarsila Bonelli, Lorena Hernandez, Liziane Zarpelon, Andiara Pacco, Rosana Segatto, João Rocha, Márcio Osório e Flávio Calixto.

A especialista em dança Lenira Rengel, professora doutora da Escola de Dança da Universidade Federal da Bahia (UFBA), que assistiu ao ensaio, “a proposta de dialogar com a força intelectual expressiva da dança-teatro busca expandir as possibilidades cênicas de corpos tão díspares que se juntam para compartilhar uma arte/vida de um, pode-se dizer, novo Estado brasileiro, no qual tantos Brasis convivem”.

Para o ator e pesquisador Jair Damasceno, “em COREOgeografia MS”, a sensibilidade de Blanche Torres soube mesclar o desejo de um trabalho com as possibilidades da sua realização. Não foi omissa ao tratar os temas e signos do seu espetáculo, lidou com os códigos com licença poética, com humor equilibrado, coreografias abertas, simples e ritmadas e a alegria presente no trabalho e que se definiu à medida da descontração dos bailarinos”, analisa.

Para o poeta e ator Emmanuel Marinho, “COREOgeografia MS” traz inovação à dança e ao teatro, em sincronia com a contemporaneidade. “É um tributo à Pina Bauch é um espetáculo que toca os sentidos e a inteligência, uma montagem irreverente, onde signos regionais nos remetem ao universal”.

Jornal Midiamax