Geral

Enfermagem da Santa Casa consegue aumento de 7% e encerra greve

Acordo coletivo hoje (2) entre negociadores da Junta Administrativa da Santa Casa e representantes da enfermagem do hospital, no TRT (Tribunal Regional do Trabalho) fixou aumento de 7% além da concessão de cláusulas para auxiliares, técnicos de enfermagem e enfermeiros. Entre as cláusulas estão a melhoria salarial para quem obtiver títulos de pós-graduação, mestrado e doutorado,...

Arquivo Publicado em 02/09/2010, às 19h13

None

Acordo coletivo hoje (2) entre negociadores da Junta Administrativa da Santa Casa e representantes da enfermagem do hospital, no TRT (Tribunal Regional do Trabalho) fixou aumento de 7% além da concessão de cláusulas para auxiliares, técnicos de enfermagem e enfermeiros.

Entre as cláusulas estão a melhoria salarial para quem obtiver títulos de pós-graduação, mestrado e doutorado, gratificação de assiduidade, reclassificação profissional, acomodações para funcionários e filhos menores, entre outros 30 benefícios.

Também ficou acordado que os trabalhadores não terão os salários descontados por conta da greve junto com a suspensão da multa diária de R$ 10 mil ao sindicato dos trabalhadores por dia paralisado.

Representantes dos enfermeiros solicitavam aumento de 9% a 15%, além de benefícios. 70% do quadro da enfermagem paralisou as atividades nos últimos dias 12 a 16 de julho. A greve foi finalizada após audiência no dia 16, no Tribunal.

Os trabalhadores da enfermagem voltaram à greve no último dia 23 de agosto. No outro dia (24), o juiz Márcio Thibau de Almeida do TRT determinou em audiência que os setores tidos como emergenciais da Santa Casa deveriam contar com 100% dos enfermeiros.

Antes do aumento, o salário de um auxiliar de enfermagem era de R$ 545, do técnico R$ 745 e enfermeiro R$ 1.900. Na Santa Casa de Campo Grande existem 820 técnicos e auxiliares de enfermagem e 70 enfermeiros.




Jornal Midiamax