Geral

Decat registra aumento de 40% na movimentação de fim de ano

A busca por atendimento na Delegacia Especializada de Repressão a Crimes Ambientais e Proteção ao Turista (Decat) aumentou cerca de 40% durante o período de festas de final de ano, segundo o delegado titular, Fernando Villa de Paula. A delegacia está funcionando há pouco mais de quatro meses durante 24 horas no Aeroporto Internacional de […]

Arquivo Publicado em 30/12/2010, às 15h20

None

A busca por atendimento na Delegacia Especializada de Repressão a Crimes Ambientais e Proteção ao Turista (Decat) aumentou cerca de 40% durante o período de festas de final de ano, segundo o delegado titular, Fernando Villa de Paula.

A delegacia está funcionando há pouco mais de quatro meses durante 24 horas no Aeroporto Internacional de Campo Grande e atende principalmente turistas que buscam orientação e informações em Mato Grosso do Sul e também confecciona boletins de ocorrência para aqueles que precisam do serviço.

Orientação

Entre as principais questões levadas pelos usuários para a Decat estão os pacotes de turismo comprados via internet.

O delegado Fernando Villa diz que vários turistas buscam a Decat para informar irregularidades nestes pacotes. “O ideal é que o turista seja respaldado por referências de quem já adquiriu o mesmo pacote ou já utilizou os serviços da empresa que oferece o produto para evitar frustrações quando chegar ao destino. Estar bem calçado de informações é a principal orientação para o turista que faz este tipo de compra de pacote de viagens”, finaliza Fernando.

Jornal Midiamax