Geral

Comércio gerou 58 novos empregos por dia em no Estado

No mês de véspera do período de maior movimentação econômica, o comércio de Mato Grosso do Sul sustentou a geração de empregos formais no Estado, segundo dados do CAGED, divulgados nesta quinta-feira pelo Ministério do Trabalho

Arquivo Publicado em 17/12/2010, às 18h02

None

No mês de véspera do período de maior movimentação econômica, o comércio de Mato Grosso do Sul sustentou a geração de empregos formais no Estado, segundo dados do CAGED, divulgados nesta quinta-feira pelo Ministério do Trabalho

No mês de véspera do período de maior movimentação econômica, o comércio de Mato Grosso do Sul sustentou a geração de empregos formais no Estado, segundo dados do CAGED, divulgados nesta quinta-feira pelo Ministério do Trabalho.

O número de novos empregos com carteira assinada atingiu 1.737 em novembro, uma média de 58 novas vagas ao dia e bem acima do saldo quando considerados todos os setores econômicos, que foi de 985 novas vagas ao longo do mês.

“O número reflete os empregos temporários gerados por conta do Natal, mas é bom ressaltar que a previsão é que desta vez um a cada três funcionários contratados para essa demanda extra seja efetivado”, lembra o presidente da Fecomércio-MS, Edison Ferreira de Araújo.

No setor de serviços foram mais 279 novas vagas em novembro. Juntos, comércio e serviços, geraram 14.987 vagas no acumulado de janeiro a novembro deste ano, o que corresponde a 53,3% do total de novos empregos criados no Estado.

Os números refletem o bom desempenho dos negócios. Dados do IBGE apontam que de janeiro a outubro deste ano as vendas no comércio varejista de Mato Grosso do Sul cresceram 14,4% ao passo em que a média nacional de crescimento foi de 11,1%. Mês a mês os índices de vendas no Estado têm superado a média do País.

Jornal Midiamax