Geral

Brasileirão só classificará três times para a Taça Libertadores 2011

O G-4 virou G-3. Foi isso que aconteceu, na prática, após o anúncio da Conmebol nesta quarta-feira. Segundo a entidade, o título da Libertadores não abrirá mais uma vaga extra ao respectivo país da equipe campeã. Como o Internacional é o atual dono do troféu, isso significa que o Brasileiro deste ano só classificará três […]

Arquivo Publicado em 22/09/2010, às 20h33

None

O G-4 virou G-3. Foi isso que aconteceu, na prática, após o anúncio da Conmebol nesta quarta-feira. Segundo a entidade, o título da Libertadores não abrirá mais uma vaga extra ao respectivo país da equipe campeã. Como o Internacional é o atual dono do troféu, isso significa que o Brasileiro deste ano só classificará três times para a próxima Libertadores, em vez de quatro, já que o clube gaúcho está previamente garantido para defender seu título.


A mudança se deve ao fato de que a Copa Sul-Americana passou a valer uma vaga para a Libertadores. Assim, a única possibilidade de um país ter um representante a mais no torneio é conquistando a Sul-Americana. Neste momento, quem perderia a vaga na mais importante competição do continente é o Botafogo, que tem 38 pontos e está em quinto – o Inter, em quarto lugar, já está assegurado.


Com a alteração, os times que ficariam com as vagas do Brasileirão para a próxima Libertadores são Corinthians (líder com 44 pontos), o Flu (vice-líder com 42 pontos) e o Cruzeiro (terceiro com 41 pontos). A CBF, de acordo com sua assessoria de imprensa, já foi comunicada mas só vai se pronunciar oficialmente mais tarde, já que o regulamento do Campeonato Brasileiro 2010 prevê, no segundo parágrafo do item B do artigo 7 do capítulo II, quatro postos para a Libertadores.


”§ 2° – A contagem dos clubes classificados para a Copa Libertadores também excluirá o campeão da Copa Libertadores de 2010, em sendo este um clube brasileiro.”


Além do Colorado, o Brasil já tem outro representante classificado, o Santos. O Peixe está garantido por ter conquistado a Copa do Brasil. A única possibilidade, portanto, de o Brasil ter seis times na próxima Libertadores é se Atlético-MG, Avaí, Goiás ou Palmeiras conquistar a Sul-Americana deste ano.

Jornal Midiamax