Geral

Bovespa fecha em queda de 0,51%, com baixa da Petrobras

A Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa) encerrou o pregão desta quarta-feira em queda, puxada pelas ações da Petrobras. O índice Ibovespa -a principal referência da bolsa paulista – fechou o dia em baixa de 0,51%, aos 66.407 pontos. Na segunda-feira, o índice havia subido 0,10%, aos 66.747 pontos. As ações ordinárias da Petrobras […]

Arquivo Publicado em 09/09/2010, às 00h44

None

A Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa) encerrou o pregão desta quarta-feira em queda, puxada pelas ações da Petrobras. O índice Ibovespa -a principal referência da bolsa paulista – fechou o dia em baixa de 0,51%, aos 66.407 pontos. Na segunda-feira, o índice havia subido 0,10%, aos 66.747 pontos.


As ações ordinárias da Petrobras caíram 4,44%, para R$ 31,86, enquanto as preferenciais perderam 4,33%, para 27,83%. As ações preferenciais da companhia responderam por 17% de todo movimento da bolsa paulista nesta quarta-feira. Entretanto, as maiores baixas do dia ficaram com Eletropaulo e CPFL Energia, com -5,38% e -5,01%, respectivamente.


No mercado internacional, a Bolsa de Nova York fechou hoje em alta de 0,45% no Dow Jones Industrial, apesar de o Federal Reserve constatar que o avanço da economia perdeu impulso nos Estados Unidos. Segundo dados provisórios no fechamento da sessão, o Dow Jones Industrial subia 46,32 pontos, para 10.387,01, enquanto o seletivo S&P 500 subiu 0,64% e o mercado Nasdaq ganhou 0,9%.


Já o dólar caiu pela sexta sessão consecutiva nesta quarta-feira, fechando no menor patamar desde 4 de janeiro com a perspectiva de um aumento da entrada de capitais no país nos próximos dias. Diante da contínua queda do dólar, o Banco Central reforçou sua atuação no mercado e comprou dólares em dois leilões pela primeira vez desde 3 de maio. A intervenção dupla, porém, teve por ora efeito apenas limitado sobre a taxa de câmbio. A moeda norte-americana terminou o dia a R$ 1,725, com variação negativa de 0,12%.

Jornal Midiamax