Geral

Bonito ganha prêmio por desenvolvimento turístico regional

A cidade turística mais conhecida de Mato Grosso do Sul faz parte dos municípios contemplados pela Premiação das Melhores Práticas dos 65 destinos indutores do desenvolvimento turístico regional. Bonito, com suas belezas naturais, recebeu a chancela que é concedida pelo Ministério do Turismo (Mtur) na categoria de melhores práticas de políticas públicas das não capitais […]

Arquivo Publicado em 29/12/2010, às 11h35

None

A cidade turística mais conhecida de Mato Grosso do Sul faz parte dos municípios contemplados pela Premiação das Melhores Práticas dos 65 destinos indutores do desenvolvimento turístico regional.

Bonito, com suas belezas naturais, recebeu a chancela que é concedida pelo Ministério do Turismo (Mtur) na categoria de melhores práticas de políticas públicas das não capitais devido ao Voucher Único Digital, um documento moderno e ágil para o registro das prestações de serviços de atrativos turísticos no âmbito municipal.

A iniciativa conquistou o prêmio por corresponder positivamente às 13 dimensões pesquisadas no Estudo de Competitividade realizado pelo MTur, em parceria com o Sebrae e a Fundação Getúlio Vargas. Essas 13 diretrizes tratam da infraestrutura geral; acesso; serviços e equipamentos turísticos; atrativos turísticos; marketing e promoção do destino; políticas públicas; cooperação regional; monitoramento; economia local; capacidade empresarial; aspectos sociais; aspectos ambientais; e aspectos culturais.

A atividade turística é a segunda maior renda do município e o setor que mais emprega a comunidade local. Conhecida internacionalmente, Bonito é um dos destinos turísticos mais procurados do Brasil devido a grande demanda do ecoturismo e atividades esportivas ligadas ao meio ambiente. Belezas naturais compostos principalmente por águas cristalinas, esportes radicais e fauna e flora exuberantes encantam e atraíram apenas no feriado do último outubro (entre os dias 9 e 12) cerca de nove mil turistas, que lotaram a capacidade hoteleira da cidade, que conta com pouco mais de 4,5 mil leitos.

Jornal Midiamax