Geral

Atletas de Três Lagoas participam de campeonato de boxe

Oito boxeadores três-lagoenses, da Academia Corpus, embarcam no sábado (25) para Campo Grande, para participarem do Campeonato Estadual. De acordo com o treinador Praxedes, os atletas sairão sábado (24) à tarde e disputam o torneio na manhã de domingo. Os atletas que disputam o torneio foram pré-selecionados pela Federação Estadual de Boxe. Os melhores garantem […]

Arquivo Publicado em 22/09/2010, às 18h40

None

Oito boxeadores três-lagoenses, da Academia Corpus, embarcam no sábado (25) para Campo Grande, para participarem do Campeonato Estadual. De acordo com o treinador Praxedes, os atletas sairão sábado (24) à tarde e disputam o torneio na manhã de domingo. Os atletas que disputam o torneio foram pré-selecionados pela Federação Estadual de Boxe. Os melhores garantem a vaga para o Campeonato Brasileiro, que será realizado do dia 09 ao dia 17 de outubro, em São José do Rio Preto, em São Paulo.


Praxedes disse que a metade da equipe já possui experiência em outras competições e outros irão pela primeira vez. A equipe já treina em média entre seis meses a um ano e meio e participam das categorias Cadet masculino (15 a 16 anos) e adulto masculino (acima de 18 anos).


“O técnico avalia o atleta e vê se ele tem condições para disputar um campeonato. O atleta que não vai, fica decepcionado, mas tem mais motivação para treinar. É melhor ele ir para uma outra seletiva preparado do que perder em um Campeonato Brasileiro”, explica Praxedes, sobre a importância da seletiva.


Segundo o técnico, alguns boxeadores têm condições de vencer, mas isso dependerá do dia e do momento do atleta. “Há fatores que se deve levar em consideração, como a adrenalina e o nervosismo do atleta”, completa. O treinador agradeceu o apoio da Sejuvel (Secretaria de Esportes, Juventude e Lazer), das empresas Word Sports, ABB e WJ Turismo pelo incentivo ao esporte.


CONQUISTA


Segundo Praxedes, Três Lagoas possui treze atletas a nível de competição e em vista de outras equipes do Estado, já é um passo enorme do grupo ser requisitado em uma seletiva. “Nós estamos com mais de dois anos de atividades e isso é muito bom”, disse.

Jornal Midiamax