Geral

Segunda-feira negra: dólar dispara e é cotado a R$ 3,155

O dólar comercial fechou nesta segunda-feira em alta de 4,47%, cotado a R$ 3,145 na compra e R$ 3,155 na venda. A segunda-feira foi um dia de poucas notícias e o mesmo mau humor de sexta-feira. O cenário eleitoral continuou gerando desconforto e dúvidas, principalmente no que diz respeito ao apoio dos candidatos à presidência […]

Arquivo Publicado em 01/01/2000, às 12h00

None

O dólar comercial fechou nesta segunda-feira em alta de 4,47%, cotado a R$ 3,145 na compra e R$ 3,155 na venda. A segunda-feira foi um dia de poucas notícias e o mesmo mau humor de sexta-feira.

O cenário eleitoral continuou gerando desconforto e dúvidas, principalmente no que diz respeito ao apoio dos candidatos à presidência ao acordo do Brasil com o Fundo Monetário Internacional (FMI). As vendas maciças de títulos da dívida pública levaram à disparada do risco-país brasileiro, o que trouxe ainda mais nervosismo ao mercado.

A Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa) encerrou o pregão viva-voz de hoje contabilizando queda de 2,41%, com o Índice Bovespa em 9.744 pontos. O volume de negócios era de R$ 383,3 milhões. O pregão eletrônico vai até as 17 horas.

Jornal Midiamax