Geral

Ricardinho não consegue chegar a Ulsan

Convocado às pressas após a corte de Émerson, o meia Ricardinho, do Corinthians, não consegue chegar a Ulsan, na Coréia do Sul, onde está a seleção brasileira. O tempo ruim na Ásia tem provocado o fechamento de vários aeroportos e o pouso está sendo transferido de um lugar para outro, sem que o jogador consiga […]

Arquivo Publicado em 01/01/2000, às 12h00

None

Convocado às pressas após a corte de Émerson, o meia Ricardinho, do Corinthians, não consegue chegar a Ulsan, na Coréia do Sul, onde está a seleção brasileira.

O tempo ruim na Ásia tem provocado o fechamento de vários aeroportos e o pouso está sendo transferido de um lugar para outro, sem que o jogador consiga chegar ao seu destino.

Ricardinho saiu do Brasil na noite de domingo e deveria chegar a Ulsan na manhã de hoje (horário brasileiro), mas não foi isso que aconteceu.

Ele deveria desembarcar no aeroporto de Busan nesta terça-feira, mas como não havia teto, o vôo teve de ser desviado para Daegu. Lá, novos problemas. O aeroporto também estava fechado por causa da neblina e Ricardinho foi parar em Nagóia, no Japão, onde está neste momento.

Segundo informações da CBF, a expectativa é a de que o meia consiga chegar a Ulsan apenas na tarde de amanhã (madrugada de quarta no Brasil), cerca de 24 horas depois do previsto. Com isso, o cronograma de treinos do jogador vai ficar prejudicado. A seleção brasleira volta a jogar no sábado contra a China. As informações são da Agência Estado.

Jornal Midiamax